Coronavírus? | 007 - Sem Tempo para morrer tem estreia adiada

Por Rafael Rodrigues da Silva | 04 de Março de 2020 às 17h04
Columbia Pictures
Tudo sobre

James Bond

Saiba tudo sobre James Bond

Em meio a tantos eventos de tecnologia sendo cancelados ou adiados por causa das preocupações quanto à COVID-2019, a epidemia do novo coronavírus começa a atrapalhar também a indústria do entretenimento — o primeiro grande filme a sofrer os impactos desta epidemia será o novo do agente James Bond.

Com estreia prevista para o começo de abril, 007 - Sem Tempo Para Morrer foi oficialmente adiado nesta quarta-feira (4). O anúncio foi feito através da conta oficial de James Bond no Twitter, e a mensagem avisa que, após fazer uma avaliação do mercado global de cinemas, a MGM, a Universal e os produtores Michael G. Wilson e Barbara Broccoli chegaram à decisão de que a melhor saída seria adiar o lançamento do filme para novembro, com uma data específica a ser anunciada no futuro.

Ainda que não afirmem com todas as letras, a mensagem dá a entender que o motivo para o adiamento do filme é epidemia do novo coronavírus, que está se alastrando rapidamente por todo o mundo. E, como uma das recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) é que, durante esse período, as pessoas evitem locais fechados e com aglomeração de pessoas, as salas de cinema se tornam um dos locais que deverão ser evitados pelo público.

Assim, efetuar o lançamento em abril pode significar um contundente fracasso para o filme, pois esperasse que neste período a epidemia ainda esteja em seu auge, e um adiamento para novembro oferece mais sete meses para que as autoridades de saúde consigam conter a ameaça de contágio e permitir que as pessoas possam voltar a suas vidas normais.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a epidemia de COVID-2019 pode causar um prejuízo de US$ 5 bilhões na indústria de cinema este ano, já que algum dos maiores mercados consumidores de filmes, como a China e o Japão, estão com praticamente todas as suas salas de cinema fechadas devido à doença.

Fonte: Twitter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.