Publicidade

Comédia romântica Todos Menos Você chega ao streaming

Por| Editado por Durval Ramos | 29 de Março de 2024 às 09h58

Link copiado!

Reprodução/Sony Pictures
Reprodução/Sony Pictures

Todos Menos Você, comédia romântica que foi um sucesso estrondoso nos cinemas, já está disponível no streaming. O filme estrelado por Sydney Sweeney (Euphoria) e Glen Powell (Top Gun: Maverick) entrou no catálogo da Max e os assinantes poderão conferir a química entre os atores, em uma história baseada na peça Muito Barulho por Nada, de William Shakespeare.

Dirigido por Will Gluck (A Mentira), o filme chegou aos cinemas brasileiros em 4 de janeiro de 2024, poucos dias após sua estreia nos Estados Unidos. Com um orçamento de aproximadamente US$ 25 milhões, o longa alcançou a bilheteria mundial de US$ 216,3 milhões, tornando-se a maior bilheteria de uma adaptação de Shakespeare para o cinema.

Continua após a publicidade

Qual é a história de Todos Menos Você?

Por um acaso do destino, Bea (Sweeney) conhece Ben (Powell) e eles se dão bem logo de cara. Só que por uma bobeira do rapaz, Bea se afasta, tentando esquecê-lo. Seis meses depois, eles acabam se reencontrando quando a irmã de Bea começa a namorar uma garota que é irmã do melhor amigo de Ben.

Quando o casal vai se casar na Austrália, os amigos tentam a todo custo juntar Ben e Bea novamente. Para evitar a chateação durante a viagem, os dois resolvem fingir ser um casal, mesmo se detestando. 

Isso acaba fazendo com que toda a situação se torne cada vez mais caótica, ainda que comece a revelar o que não deu certo entre duas pessoas que se deram tão bem no início.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

A adaptação ficou no centro das atenções do público meses antes de sua estreia por conta de rumores sobre um possível relacionamento entre suas estrelas. Esse boato foi desmentido por ambos, mas acabou por apimentar a química do casal na produção aos olhos dos espectadores.

O longa também viralizou por conta de algumas cenas, criando uma trend de dança no TikTok e que revitalizou a música Unwritten, lançada por Natasha Bedingfield em 2004. Usada como tema para o filme, a canção voltou às paradas musicais vinte anos depois.