6 mudanças que o trailer do Snyder Cut já traz em relação a Liga da Justiça

Por Claudio Yuge | 25 de Agosto de 2020 às 20h15
Reprodução/Warner Bros
Tudo sobre

Warner Bros

Saiba tudo sobre Warner Bros

Ver mais

Desde que o projeto do Snyder Cut da Liga da Justiça foi confirmado, Zack Snyder vem aumentando o hype, falando sobre várias adições, sejam de efeitos especiais, personagens ou subtramas que ficaram de fora da infame versão de Joss Whedon. Muita gente ficou se perguntando o que de tão diferente esse corte poderia trazer e, depois de uma pequena amostra no trailer exibido no evento DC FanDome, podemos ter uma melhor ideia.

Abaixo, estão algumas das alterações já flagrantes, a partir do trailer, que você pode rever abaixo:

1. Visual e cinematografia completamente diferentes

Imagem: Reprodução/Warner Bros

Zack Snyder é um artista gráfico e começou a carreira fazendo experimentações em clipes musicais. Ele costuma deixar uma assinatura bem peculiar, como já vimos em Sucker Punch — Mundo Surreal. A primeira diferença gritante em termos de estilo é que Snyder trata cada foto como se fosse uma obra de arte, enquanto Whedon tende a dar ênfase no fluxo de interação entre os personagens. Ambas as “escolas” têm suas vantagens e desvantagens e, obviamente, o impacto visual da primeira é muito maior.

Você pode ver isso no esquema de cortes e na proporção do aspecto, que estão diretamente relacionados com o fato das refilmagens de Whedon terem sido feitas com uma câmera completamente diferente das usadas por Snyder. Isso forçou Whedon a recortar as imagens, para poder combiná-las. Sem esses “recortes” o formato original será todo resgatado. Para completar, Snyder teve mais tempo e dinheiro para fazer efeitos como o de Darkseid e dos vilões DeSaad e Lobo da Estepe.

2. Darkseid

Imagem: Reprodução/Warner Bros

Essa talvez seja a ausência mais sentida pelos fãs na versão de Whedon, pois o Lobo da Estepe vem para a Terra justamente como uma antecipação ao encontro com Darkseid, que seria o “Thanos” do DCEU na trilogia originalmente programada para Liga da Justiça. Com o trailer, vimos até mesmo a possibilidade de uma possível invasão comandada pelo vilão.

Na prévia é possível até ver uma possível arma tirada diretamente dos quadrinhos, a Lança do Destino, usada também para controlar a mente das pessoas e que poderia explicar como Darkseid comandaria o Superman — embora haja a teoria de que Kal será manipulado com a ajuda da Equação Anti-Vida.

3. O pesadelo de Batman vs Superman se cumpriu

Imagem: Reprodução/Warner Bros

Uma das cenas mais intrigantes de Batman vs Superman: A Origem da Justiça, é um cenário em que Batman usa uma arma, o que nunca acontece nos quadrinhos, e uma invasão alienígena mostra os parademônios de Darkseid, juntamente com um Homem de Aço irreconhecível. Além disso, vemos o Flash supostamente viajando no tempo, falando sobre Lois Lane. O trailer do Snyder Cut deixa claro que isso tudo será retomado e, esperamos, finalmente explicado.

4. Ressurreição do Superman bastante diferente

Imagem: Reprodução/Warner Bros

O retorno do Homem de Aço na versão de Joss Whedon é um tanto esquisito e mal explicado, principalmente quando, antes mesmo do lançamento, haviam vazamentos indicado o traje preto que fez parte da Morte do Superman nos quadrinhos.

O trailer do Snyder Cut confirma a ressurreição do Superman e a cena de seu retorno é claramente diferente, especialmente porque Lois Lane não parece ter feito parte disso — ela até olha para cima em estado de choque, ao ver o personagem voando. Além disso, ele está usando justamente o uniforme escuro que faltou no filme de 2017.

5. A história do Cyborg foi restaurada

Imagem: Montagem/ScreenRant

Ciborgue teve apenas um papel menor do que estava previsto no longa de 2017, o que foi confirmado não somente pela ausência das tomadas envolvendo futebol americano quanto sua própria origem e as palavras do ator Ray Fischer. Snyder há muito insiste que o personagem é o “coração” de sua história, e no trailer vemos que sua trajetória de jogador que sofreu lesão e foi transformado em um ser cibernético será finalmente contada.

Além disso, a prévia confirma que Ciborgue perderá sua última conexão restante com a humanidade quando seu pai morrer, um arco que Whedon abandonou em sua versão.

6. Flash e Íris

Imagem: Reprodução/Warner Bros

Uma das cenas mais importantes do trailer do Snyder Cut é o encontro de Barry Allen, que, assim como sua versão das telinhas, será interpretado por uma negra, Keirsei Clemons. Não dá para saber se ela terá outra importância na trama, mas ali é possível ver o Flash em ação, sendo altruísta, enquanto também mostra o quanto ele ainda está “verde” e imprudente no papel de herói — ele sequer liga em esconder sua identidade.

Foi pouco, mas, como dá para notar, o trailer do Snyder Cut já trouxe muitas mudanças em relação ao material “mixado” lançado por Joss Whedon em 2017. Fica agora a expectativa pelo lançamento, que possivelmente deve acontecer no primeiro trimestre de 2021, em quatro episódio no HBO Max.

Fonte: ScreenRant  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.