CES 2019 | Google Assistente ganha "modo intérprete" para tradução simultânea

Por Rafael Rodrigues da Silva | 08 de Janeiro de 2019 às 22h45
Tudo sobre

Google

Já há um bom tempo o Google Assistente tem sido usado para traduções rápidas de algumas palavras e frases curtas, mas uma novidade anunciada pela Google na CES 2019 pode tornar o assistente ainda mais útil em conversas feitas entre pessoas de nacionalidades diferentes, e que não falam o mesmo idioma.

Para isso, a empresa está desenvolvendo para o assistente o “modo intérprete”, que fará com que o assistente virtual funcione como um tradutor simultâneo em ambos os sentidos da conversa. Por exemplo, ao pedir que o tradutor seja seu intérprete de francês, o Assistente passará a automaticamente traduzir aquilo que você fala para o francês, e aquilo que a outra pessoa diz em francês para a língua que você compreende.

O sistema, que já está em fase de testes, virá de fábrica com 27 línguas cadastradas, mas a Google ainda não revelou se essas línguas farão o trabalho de intérprete apenas a partir do inglês, ou se o sistema funcionará com qualquer combinação dos 27 idiomas existentes.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ao utilizar o modo intérprete no Google Home Hub, a tradução simultânea é acompanhada por um texto para facilitar a compreensão (Imagem: Google)

Por enquanto, a função intérprete será exclusiva para os alto-falantes Google Home e para o Google Home Hub (em que além de traduzir a fala em tempo real, ainda fornece um texto da tradução para melhor acompanhamento do usuário). O objetivo da empresa é que, em um primeiro momento, essa ferramenta seja usada por hotéis e pontos comerciais em cidades turísticas, facilitando o atendimento de clientes de diferentes nacionalidades.

Os primeiros testes da função já estão acontecendo durante a CES, no hotel Caesars Palace em Las Vegas, e também no Hyatt Regency na cidade de San Francisco, além do Dream Downtown de Nova York. Mas, como é comum para todas as novidades da empresa, a Google ainda não deu nenhuma pista de quando poderemos esperar o lançamento oficial da função.

Outras novidades do Assistente

Ainda que a função de intérprete seja a maior inovação apresentada para o Google Assistente, ela não foi a única novidade mostrada para a IA durante a CES 2019.

Entre as novidades apresentadas se destacam o Google Assistant Connect, uma plataforma que deverá facilitar a implementação do Google Assistente em qualquer dispositivo. A novidade, voltada para os desenvolvedores de aparelhos eletrônicos, tem como intuito levar o Assistente para aparelhos que normalmente não possuem uma IA auxiliar, ajudando a criar uma residência totalmente conectada.

O intuito de levar o Assistente para a maior quantidade possível de dispositivos foi um dos pontos principais apresentados pela empresa durante a CES 2019. A Google anunciou que levará o Assistente para os modelos mais antigos do Sonos One e do Sonos Beam, inserindo o controle por comando de voz nesses aparelhos. Além disso, a Google também se mostra pronta para dominar o mercado de smart TVs, com o Google Assistente sendo disponibilizado em TVs da Samsung, Sony, Xiaomi, Philips, Hisense, TCL, Haier, Changhong e JVC.

Fora as TVs, a empresa também está trabalhando para levar o assistente a acessórios de carro, como Anker Roav Bolt e o JBL Link Driver, que se conectam ao sistema de som do aparelho e permitem o acesso ao Assistente de seu celular sem precisar se preocupar em desbloquear o telefone, ou o HumX da Verizon, que permite gerar um relatório de todas as condições do veículo apenas por comandos de voz.

A empresa também anunciou que, a partir desta terça (8), o Assistente também estará totalmente integrado ao Google Maps, o que permitirá compartilhar a sua posição com seus contatos, responder a mensagens de texto, controlar a reprodução de música e podcasts, procurar por pontos de referência ou alterar a rota de sua viagem apenas por comandos de voz, sem precisar tirar as mãos do volante ou parar de prestar atenção na estrada.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.