Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Wey: SUVs de luxo são novo caminho para GWM no Brasil

Por| Editado por Jones Oliveira | 24 de Abril de 2024 às 10h35

Link copiado!

Paulo Amaral/Canaltech
Paulo Amaral/Canaltech

Way, em inglês (fala-se “uei”), significa caminho. Wey, com “e”, pronuncia-se da mesma forma e, na China, é o nome de uma marca de carros pertencente à GWM que tem como especialidade os SUVs de luxo. Se você ainda não ouviu falar da Wey, pode ter certeza de que esse é o caminho (com o perdão do trocadilho) — ou pelo menos um deles — que será seguido pela montadora em breve no Brasil.

Pelo menos foi isso o que os executivos da marca deixaram transparecer durante a visita do Canaltech à fábrica gigantesca da GWM na cidade de Xushui, bem próxima de Baoding, na China.

A ideia da GWM em levar a marca voltada para o segmento premium no Brasil é alcançar uma parcela de consumidores que, hoje, não parece disposta a trocar montadoras tradicionais por outras que, ao menos até agora, não gozam de tanto prestígio assim na região.

Continua após a publicidade

Quais serão os rivais da Wey?

Sem faltar com o respeito concorrentes de momento das linhas Haval e Ora, por enquanto as únicas presentes em território verde-amarelo, a GWM não fez segredo e falou abertamente sobre quais rivais pretende alcançar com a chegada da Wey ao Brasil: Audi, BMW e Mercedes-Benz, hoje referências no segmento premium.

A confiança da GWM em entrar na disputa com as três cobiçadas marcas alemãs parece estar bem fundamentada.

Em um primeiro contato com três dos modelos da Wey (Wey 03, Wey 05 e Way 07), foi possível perceber o alto nível do acabamento interno, tanto em qualidade dos materiais quanto nos cuidados com o encaixe.

Além disso, os modelos têm um design ousado, futurista, que remetem a um estilo de quem realmente está em busca de algo novo, disruptivo. Tudo isso sem se esquecer, claro, da potência e da autonomia.

Afinal, um SUV elétrico de luxo que pretende desafiar as gigantes alemãs precisa ter o pacote completo. E o primeiro contato com dois dos modelos da submarca da GWM não deixou dúvidas a respeito.

Continua após a publicidade

Como são os SUVs de luxo da GWM?

A reportagem do Canaltech teve a chance de acelerar, por poucos metros, em um trajeto formado basicamente por duas retas (uma livre para sentir a potência e outra com objetos para obrigar o motorista a fazer slalom), os modelos Wey 03 e Wey 05, que na China era vendido como Wey Coffee 01.

Ambos impressionaram não apenas pela potência, mas pela agilidade e equilíbrio demonstrados na rápida tarefa, de pouco mais de 200 metros, que exigia reflexos rápidos e muita atenção.

Continua após a publicidade

O Wey 05 foi o mais “assustador”, pois mostrou um casamento perfeito entre suas dimensões (4,87 m de comprimento x 1,96 m de largura x 1,69 m de altura e 2,91 m de entre-eixos) com seu conjunto mecânico.

O GWM Wey 05 tem powertrain híbrido plug-in, formado por um motor 2.0 turbo a combustão e outros 2 elétricos. A potência combinada é de 483 cv, e o torque chega a 86,3 kgf/m. Isso faz, segundo a marca, que o SUV premium de tração integral e câmbio automático de 9 marchas tenha um 0 a 100 km/h digno de carros esportivos: 5 segundos.

A autonomia do sistema de baterias é de 39,7 kWh e, segundo a GWM, aguenta recargas de até 50 kW. Dessa forma, o Wey 05 pode rodar cerca de 146 quilômetros exclusivamente no modo elétrico, com um alcance combinado de absurdos 250 km/l.

Continua após a publicidade

O Wey 03 (que por lá é o Coffee 02), por sua vez, é um pouco menos imponente e feroz, mas, nem por isso, decepcionou no primeiro contato. A ficha técnica do modelo testado no evento não foi divulgada, assim como a do Wey 07, já que a intenção foi manter o foco no Wey 05, que dará início à história da marca no Brasil.

Quando o Way 05 chega ao Brasil?

A GWM não confirmou de forma oficial quando o Way 05 chegará ao Brasil e nem quanto o SUV custará, mas a ideia é que ele fique posicionado em uma faixa de preço acima do Haval H6 Premium GT, hoje o mais caro da linha à venda no país.

Continua após a publicidade

Partindo dessa premissa, não é difícil imaginar que os interessados em trocar Audi, Mercedes ou BMW pelo imponente SUV premium chinês terão de desembolsar valores próximos aos R$ 450 mil para levar o Way 05 para a garagem.