Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Andamos nos SUVs imponentes GWM Tank, que vêm ao Brasil

Por| Editado por Jones Oliveira | 23 de Abril de 2024 às 19h35

Link copiado!

Paulo Amaral/Canaltech
Paulo Amaral/Canaltech

A linha Tank da GWM é formada por SUVs imponentes, com visual e pegada off-road, bastante diferentes dos modelos da subsidiária Haval, que marcaram a estreia da montadora chinesa no Brasil.

A reportagem do Canaltech foi convidada pela fabricante para ir até as instalações da planta de Baoding, na China, e conhecer de perto três dos integrantes da família: Tank 300, Tank 400 Hi4-T e Tank 700 Hi4-T.

O gigantesco espaço de mais de 13.000m² que abriga a fábrica, o laboratório de baterias e as pistas de testes foi preparado para que jornalistas de todo o mundo tivessem a oportunidade de testar uma ampla gama de modelos, incluindo os três SUVs que, em um futuro próximo, chegarão ao Brasil.

Continua após a publicidade

Depois de um pequeno período ao volante de cada um dos modelos, foi possível sentir um pouquinho do que os SUVs eletrificados e imponentes da GWM podem oferecer na briga contra modelos da Jeep e da Land Rover.

Primeiras impressões: GWM Tank 300

O primeiro SUV que aceleramos forte foi o GWM Tank 300, provavelmente o primeiro da família que desembarcará no Brasil. E ele mostrou, mesmo em um curto período, que não chegará por aqui para brincar.

Dotado de motor 2.0 turbo a gasolina e outro elétrico, o SUV entrega ao motorista uma potência combinada de 351 cv, com torque de 66,1 kgf/m. A receita, que conta ainda com câmbio automático de 9 marchas e tração 4x4, tornou o enorme imponente SUV de 4,76 metros de comprimento e mais de 2 toneladas de peso em um carro de tocada poderosa.

A tecnologia também é um ponto forte do Tank 300, com destaque para as câmeras que projetam na multimídia a visão de diversos ângulos do carro, e se mostraram úteis quando precisamos ultrapassar objetos colocados no circuito para simular um percurso off-road.

Primeiras impressões: GWM Tank 400 Hi4-T

Continua após a publicidade

O Tank 400 Hi4-T é outro SUV híbrido que promete balançar o mercado brasileiro. Um pouco maior que o Tank 300, ele impressiona à primeira vista, tanto pelo tamanho — são 4,98 metros de comprimento — quanto pelo desenho ousado da traseira, que ostenta um estepe incorporado à tampa e a inscrição "TANK" em letras garrafais.

Para dar conta de um SUV tão portentoso, a GWM preparou um powertrain poderoso, que combina um motor 2.0 a combustão de 4 cilindros e 252 cv de potência com outro elétrico. O resultado é uma entrega combinada de 408 cavalos e 76,4 kgf/m de torque ao motorista. O câmbio é automático, de 9 velocidades, e a autonomia exclusiva no modo elétrico é de 105 km (no ciclo chinês), graças à bateria de 20 kWh.

Assim como o Tank 300, o 400 Hi4-T se mostrou seguro e ágil, dentro de sua proposta, além de transpor os objetos "off-road" sem qualquer dificuldade.

Continua após a publicidade

No campo tecnológico, destaque para a possibilidade de alternar entre tração 4x4 e 4x2 nas telas digitais, que entregam um leque completo de informações, tanto no painel de instrumentos, de 12,3 polegadas, quanto na multimídia, que mede 16,2 polegadas. O retrovisor com tela integrada, aliás, é outro ponto bastante charmoso.

Primeiras impressões: GWM Tank 700 Hi4-T

O Tank 700 Hi4-T é o terceiro e último integrante da família de SUVs off-road que o Canaltech levou para a pista do campo de testes da GWM em Baoding, na China. E também o mais imponente do trio que futuramente estará nas ruas brasileiras.

Continua após a publicidade

A versão especial do SUV é vista como um rival de peso para o AMG G 63, SUV de luxo da Mercedes-Benz, atualmente sem concorrentes desse porte no mercado. E, pelo pouco contato que tivemos, a marca chinesa tem razões para confiar que ele é capaz de tirar o sono do modelo alemão.

O Tank 700 tem 5,11 metros de comprimento, 2,12 de largura e impressionantes 3 metros de entre eixos, 11 centímetros a mais que o modelo premium alemão. A altura também assusta: 1,99 metros.

Para empurrar esse monstro, que tem rodas de 22 polegadas calçadas com pneus 275/50, a GWM montou o powertrain com um motor a combustão V6 3.0, de 365 cv, e um elétrico. Juntos, eles oferecem 524 cv de potência e 76,5 kgf/m de torque, sempre em conjunto com o câmbio automático de 9 velocidades.

Apesar de menos agressivo que os demais SUVs da linha, o Tank 700 mostrou potencial para incomodar quem está em sua mira e, se a tendência de desembarcar no Brasil se confirmar, certamente agradará a um público seletivo e exigente.