Volkswagen deixará de fabricar carros a combustão na Europa em 2035

Volkswagen deixará de fabricar carros a combustão na Europa em 2035

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 28 de Junho de 2021 às 12h03
Divulgação/Volkswagen

A Volkswagen é mais uma montadora a definir uma data para acabar com a produção de carros a combustão. Depois de anunciar que não desenvolveria mais propulsores que não fossem elétricos, a gigante alemã informou que irá fabricar apenas carros elétricos a partir de 2035. A decisão vale, inicialmente, para a Europa, mas se aplicará a outras regiões, como China, Estados Unidos e Brasil em outro momento.

De acordo com Klaus Zellmer, diretor do conselho de vendas da Volkswagen, a extinção dos carros a combustão será gradativa, mas está na mira da empresa há algum tempo. Como a empresa precisa de volume de vendas, o cronograma precisa seguir a velocidade com que as tecnologias se popularizam na Europa. O Velho Continente já tem metas bem definidas quando o assunto é emissão de poluentes e trabalha com o objetivo de extinguir completamente os carros movidos a combustão até 2050.

"Estabelecemos metas e marcos muito claros. Faremos toda a nossa frota neutra em relação ao CO² até 2050. Na Europa sairemos do negócio de veículos com motor de combustão entre 2033 e 2035, nos EUA e na China um pouco mais tarde. Na América do Sul e na África, por falta de condições de enquadramento político e de infraestrutura, vai demorar um pouco mais", disse Zellmer em entrevista ao periódico alemão Merkur.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Golf GTE é um dos primeiros modelos da empresa a contarem com eletrificação (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Como parte dessa evolução da Volkswagen, é natural que vejamos muitos carros elétricos da empresa sendo lançados nos próximos anos. Como curiosidade, a empresa está investindo pesado na publicidade do ID.3, seu compacto 100% elétrico e que é o "carro oficial" da Eurocopa 2020, disputada neste momento no continente. O objetivo da montadora é que 70% de suas vendas sejam de veículos elétricos e eletrificados até 2030.

Vale lembrar que uma das marcas do grupo, a Audi, já anunciou que não lançará mais carros a combustão a partir de 2026.

Fonte: Gizmodo (Internacional)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.