Tesla Cybertruck será vendida no Brasil e já tem comprador; veja quanto custou

Tesla Cybertruck será vendida no Brasil e já tem comprador; veja quanto custou

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 05 de Agosto de 2021 às 10h11
Divulgação/Tesla

A picape elétrica Tesla Cybertruck está confirmada no mercado brasileiro. Mesmo sem revender seus carros oficialmente por aqui, a Tesla consegue negociar algumas unidades por meio de importadoras oficiais — no caso o Grupo Osten, que já efetuou uma venda da caminhonete no Brasil. O preço? R$ 950 mil na variante topo de linha, equipada com três motores elétricos, autonomia de 800 quilômetros e capacidade de carga de 1.500 kgs.

Mesmo sem estar em produção, a Tesla já efetua reservas nos Estados Unidos e demais mercados em que a picape já foi confirmada. No caso do Brasil, a compra deve ser feita integralmente, sem um valor de sinal, como é feito lá fora. Segundo informações de bastidores, a montadora já tem mais de um milhão de unidades da Cybertruck com intenção de compra, mesmo que isso não se reflita nas vendas finais.

Vale lembrar que, para quem estiver no Brasil e não quiser comprar uma Cybertruck, ainda há a opção de fazer uma assinatura mensal da picape, que custa módicos R$ 19.800 nessa mesma versão topo de linha. Os valores para as demais variantes, como a de motor único e a de motor duplo, ainda não foram revelados e devem receber a precificação de acordo com a demanda.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Divulgação/ Tesla)

Nos Estados Unidos, a Tesla Cybertruck é vendida pelos seguintes valores:

  • Motor único, tração traseira e autonomia de 400km: US$ 39.900
  • Motor duplo, tração integral e autonomia de 480km: US$ 49.900
  • Motor triplo, tração integral e autonomia de 800km: US$ 69.900

A Tesla Cybertruck deve ter sua produção iniciada na gigafactory de Austin, no Texas, até o final de 2021.

Fonte: Notícias Automotivas

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.