Preview Renault Kwid 2023 | Evolução bem-vinda e necessária

Preview Renault Kwid 2023 | Evolução bem-vinda e necessária

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 22 de Janeiro de 2022 às 11h30
Felipe Ribeiro/ Canaltech

Depois de alguns vazamentos chegou a vez de conhecermos o Renault Kwid 2023, modelo de entrada da Renault para o mercado brasileiro. Com mudanças visuais e no pacote de equipamentos, o carrinho francês quer desbancar o Fiat Mobi, seu principal rival, mas também cumprir um papel importante dentro da estratégia mercadológica da montadora.

Para isso, foi necessário um bom banho de loja no carrinho, que ganhou itens importantes de série, como os controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa e as luzes diurnas de LED, que ajudaram a incrementar o visual daquilo que a Renault chama de "SUV dos compactos".

Debaixo do capô, uma versão modificada do valente 1.0 SCe, que agora rende 71cv e 10 kgf/m de torque, porém com consumo melhorado, saltando para médias de 10,8 km/l quando abastecido com o etanol no uso urbano.

Mas, será que essas melhorias justificam o preço cobrado? O Canaltech teve um primeiro contato com o Renault Kwid 2023 e te conta em detalhes as impressões iniciais ao volante.

Renault Kwid 2023: Primeiras Impressões

É fácil notar que o Kwid 2023 é melhor do que o modelo que estava à venda no mercado brasileiro até há alguns dias. O design recebeu retoques importantes e manteve aquela "musculatura" de SUV. Mas não se engane: o Kwid segue sendo um subcompacto bem apertado.

O jeito de SUV engana, mas o Kwid é apertadinho (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Pessoas com mais de 1,80m e com corpos mais largos certamente vão sofrer dentro do Kwid, mesmo atrás do volante. Porém, é inegável que o carrinho francês cumpre bem o seu papel como meio de transporte, trazendo agilidade e relativo conforto.

Cabine do Kwid 2023 evolui, mas ainda é apertada (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Entretanto, uma evolução era necessária e ela veio na forma de equipamentos de série. Agora, o Kwid está mais seguro graças aos controles de estabilidade e tração, que atuam de maneira bem presente em movimentações mais bruscas e curvas, segurando bem o hatch.

Além disso, o assistente de partida em rampa, também presente desde a versão Zen, é uma ajuda e tanto na cidade, fazendo com que a saída seja menos traumática em algumas situações — o 1.0 é bom, mas não faz milagres.

Como o Kwid 2023 anda?

O bom motor 1.0 SCe foi alterado para ser menos ruidoso e mais econômico, como mandam as novas normas do Proconve L7. Ainda será necessário que passemos mais dias com ele para uma medição mais assertiva, mas é possível notar que, ao menos no desempenho, houve uma boa melhora, mesmo que tenha sido, na ficha, de apenas 1cv — 71cv contra 70cv do motor antigo.

O Renault Kwid 2023 atende bem um casal ou família pequena (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

A direção do Kwid 2023 é elétrica, sendo bem calibrada para momentos de maior agilidade. Na cidade, porém, a leveza impressiona, deixando o veículo ainda mais fácil de manobrar.

Um ponto negativo, porém, é a visibilidade traseira e dos pontos cegos, algo que a Renault não conseguiu mudar do projeto inicial.

Tecnologia do Kwid 2023

No aspecto tecnológico, o Kwid 203 se destaca pela nova central multimídia de 8 polegadas, maior que a do concorrente Mobi. Apesar disso, ela é inferior em aspectos técnicos, sendo um pouco lenta e sem a conectividade sem fio com o Android Auto e o Apple CarPlay.

Avaliação inicial

O Renault Kwid 2023 tem a missão de não apenas superar o rival Fiat Mobi, mas também de ser o principal carro da Renault no Brasil em termos de volume de vendas, já que o Sandero está com os dias contados.

E, pelo menos nesse contato inicial que a reportagem teve com o carro, o Kwid está trilhando o caminho correto e evoluindo com qualidade.

Preço e disponibilidade do Kwid 2023

  • Renault Kwid 2023 Zen: R$ 59.890
  • Renault Kwid 2023 Intense: R$ 64.190
  • Renault Kwid Outsider: R$ 67.690

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.