Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Porsche lança Macan elétrico; carro vem ao Brasil no 2º semestre

Por| Editado por Jones Oliveira | 26 de Janeiro de 2024 às 14h35

Link copiado!

DIvulgação/Porsche
DIvulgação/Porsche

A família Porsche ganhou mais um representante do segmento elétrico. Depois de o Taycan conquistar seu espaço e chegar até a ser um dos mais vendidos do Brasil em 2021, em breve será a vez do Macan mostrar sua força na versão não-poluente.

A montadora alemã divulgou todos os detalhes do Porsche Macan elétrico, que chegará ao mercado em duas versões — Macan 4 e Macan Turbo —, ambas com potência de recarga de bateria de 800 volts, mas com autonomia e potência diferentes.

O novo Porsche elétrico mede 4,78 metros de comprimento, 1,93 metros de largura, 1,62 metros de altura e tem 2,89 metros de entre-eixos (8,6 centímetros a mais que o modelo a combustão).

Continua após a publicidade

O design exterior é igual em ambas as versões, e tem como uma das novidades o conjunto óptico, que separou as luzes diurnas dos faróis principais, posicionando quatro pontos de LED na parte superior, e a peça principal na inferior, embutida no para-choque.

Jörg Kerner, executivo da Porsche responsável pelo desenvolvimento do modelo, resumiu o que a marca premium espera com a introdução do Macan elétrico no portfólio. “Nosso objetivo com o Macan elétrico é oferecer o modelo mais esportivo em seu segmento”.

Continua após a publicidade

Como é o Macan 4?

O Macan 4 é a versão de entrada do mais novo modelo elétrico da Porsche e tem tração integral. O powertrain é composto por dois motores síncronos de ímã permanente (PMS), que entregam uma potência combinada de 408 cv e um torque de 66,3 kgf/m ao motorista. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em apenas 5,2 segundos, e a velocidade máxima é limitada a 220 km/h

Em termos de autonomia, o Macan 4 é o primeiro da marca a utilizar um conjunto de íon de lítio sob o assoalho, com capacidade bruta de 100 kWh (95 kWh utilizáveis). O conjunto faz o carro rodar até 613 quilômetros por carga (no ciclo WLTP), e pode ter de 10% a 80% de carga recuperada em estações rápidas.

Continua após a publicidade

Como é o Macan Turbo?

A versão Turbo, a exemplo do que ocorre na linha do Taycan, não tem, na verdade, turbinas em sua construção, mas carrega o “sobrenome” para mostrar que se trata da variante mais esportiva da família.

As principais diferenças em relação ao Macan 4 estão na potência dos dois motores elétricos e na autonomia do sistema de baterias. O Macan Turbo entrega até 639 cv e 115,2 kgf/m de torque ao motorista, acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,3 segundos e chega aos 260 km/h.

Segundo o ciclo WLTP, essa versão do Macan elétrico consegue rodar até 519 quilômetros por carga, número que, assim como o da variante de entrada, será “corrigido” quando for submetido aos testes do PBEV do Inmetro.

Continua após a publicidade

Interior do Macan elétrico

O interior da cabine do Porsche Macan elétrico, tanto na versão de entrada quanto na turbo, é bem parecido com o dos demais modelos da marca alemã. O painel é composto por três telas — a de instrumentos, curvada, de 12,6 polegadas, a central, com 10,9 e uma para o passageiro, também de 10,9 polegadas.

Além das muitas telas, o Macan elétrico oferece o Porsche Driver Experience, que consiste em um head-up display com tecnologia de realidade aumentada, que projeta no para-brisas elementos virtuais, como setas de navegação, integrados ao mundo real.

Continua após a publicidade

Porsche Macan elétrico: preço e disponibilidade

O Porsche Macan elétrico terá a pré-venda iniciada no Brasil ainda no 1º trimestre e dividirá espaço no mercado com as tradicionais, a combustão, algo que, no futuro, não deve ocorrer na Europa.

Os preços do mais novo Porsche elétrico da família, porém, ainda não foram divulgados pela marca alemã. A chegada ao Brasil deve ocorrer somente no 2º semestre de 2024.

Continua após a publicidade