Publicidade

Novo Honda HR-V | Qual versão vale mais a pena?

Por| Editado por Jones Oliveira | 23 de Abril de 2023 às 11h30

Link copiado!

Felipe Ribeiro/ Canaltech
Felipe Ribeiro/ Canaltech

A nova geração do Honda HR-V trouxe melhorias mais do que necessárias para o SUV compacto da montadora japonesa, que agora, pelo menos em termos tecnológicos, consegue competir com mais vigor contra rivais mais modernos. A estratégia da Honda, porém, tornou as coisas um pouco confusas até para seus clientes mais fiéis.

O SUV está disponível em quatro versões: EX, EXL, Advance e Touring, que pouco mudam analisando a lista de equipamentos. Um detalhe: todas elas receberam o pacote Honda Sensing, que agrega itens de segurança ativa e auxílio de condução, como alerta de colisão frontal, piloto automático adaptativo, entre outros.

O Canaltech teve a oportunidade de avaliar duas dessas versões: a EXL, mais completa com o motor 1.5 aspirado de 126cv; e a Touring, a topo de linha, equipada com o excelente propulsor 1.5 turbo de 177cv. Em comum? Muitas coisas. O que os diferem? Detalhes que podem definir a sua compra.

Continua após a publicidade

Para te ajudar, separamos os quesitos em que cada um pode te agradar mais e no final daremos o nosso veredicto sobre qual versão compensa mais ser comprada, levando em conta, também, as demais variantes com as mesmas motorizações.

Conforto: HR-V EX/EXL

O Honda HR-V na versão EXL tem, obviamente, o mesmo espaço do que as versões turbo, mas há uma diferença importante e que pode atrair consumidores mais "casuais": o acerto de suspensão. Para quem realmente quer uma experiência de direção mais direta e responsiva, o HR-V Touring (ou o Advance) é a pedida, entretanto, o acerto da versão EXL (e da EX) é mais voltado ao conforto.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Para nossas ruas esburacadas e até para o uso na estrada, o HR-V EXL se mostrou mais confortável do que o Touring. No gosto pessoal do repórter, a diferença para o acerto de suspensão da versão Touring não é um atrativo, mas temos que considerar que o perfil de cliente do SUV, que certamente vai pensar em um comportamento mais macio.

Desempenho: HR-V Advance/Touring

Por aqui, sem mistério. As versões Touring e Advance do Honda HR-V são as mais indicadas, com muita sobra. Como dissemos nas listas de motivos para comprar ou não comprar o SUV, as variantes mais caras entregam mais do que o suficiente em termos de performance e comportamento dinâmico.

Continua após a publicidade

O motor 1.5 turbo agora é flex e entrega 177cv e 24,5 kgf/m, sempre com câmbio CVT. O 0 a 100 km/h é feito em 8,9s, um dos melhores do segmento. Para efeito de comparação, as variantes EX e EXL do SUV são munidas do propulsor 1.5 aspirado, o mesmo do Honda City, com 126cv e 15,8 kgf/m. O 0 a 100 km/h é completado em 11,8s.

Consumo: HR-V EX/EXL

Conseguimos rodar mais de 500km com ambas as motorizações do Honda HR-V e os resultados foram excelentes:

Continua após a publicidade
  • Honda HR-V EXL 1.5: 11,7 km/l na cidade e 16,2 km/l na estrada
  • Honda HR-V Touring 1.5 turbo: 9,9 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada

Novamente: o perfil do cliente. Por mais que o consumo das versões turbo seja muito bom, há uma enorme diferença de valores para as variantes aspiradas do HR-V, que se não são emocionantes, pelo menos entregam os números de consumo acima.

Manutenção: HR-V EX/EXL

Continua após a publicidade

Algo que certamente faz a diferença na hora de comprar um carro é o custo da manutenção. E aqui estamos falando de um carro da Honda, ou seja, extremamente confiável. Entretanto, há uma boa diferença no preço entre ajustes que possam ser necessários no motor 1.5 aspirado e no 1.5 turbo.

Carros turbinados, em geral, possuem manutenção mais complicada, já que existe um turbocompressor no motor e outras peças que demandam uma atenção redobrada para garantir a vida desse propulsor. O motor aspirado, por sua vez, vai exigir do proprietário cuidados mais corriqueiros.

É bom lembrar que o motor 1.5 aspirado das versões EX e EXL possuem injeção direta de combustível, ou seja, você precisa tomar muito cuidado com o tipo de gasolina ou etanol que irá utilizar, o maior vilão para esse tipo de tecnologia. Procure sempre postos confiáveis.

Continua após a publicidade

Custo-benefício: HR-V EXL

Entre todas as versões do novo Honda HR-V, a que mais compensa em termos financeiros é a intermediária EXL. Mesmo custando mais do que boa parte das variantes topo de gama dos concorrentes, dentro da linha do SUV japonês há uma clara ideia de que ela compensa.

De série, o Honda HR-V EXL vem com:

Continua após a publicidade
  • Pacote Honda Sensing (alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, piloto automático adaptativo, lane watch, comutação automática do farol alto, alerta de saída de faixa, centralizador de faixa)
  • Central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay sem fio
  • Freio de estacionamento eletrônico
  • Controles de estabilidade e de tração
  • Assistente de saída em rampas
  • Faróis Full LEDs
  • Partida por botão
  • Chave presencial
  • 6 airbags
  • Sensor de chuva e crepuscular
  • Isofix para fixação de cadeirinhas infantis
  • Monitoramento de pressão dos pneus
  • Ajustes de altura e profundidade do volante
  • Tomada 12 volts
  • Quatro entradas USB (duas na frente e duas atrás)
  • Ar-condicionado automático digital com saídas para o banco traseiro
  • Painel TFT de 4,2 polegadas no quadro de instrumentos
  • Rodas de 17 polegadas (acabamento diamantado opcional)
  • Vidros elétricos com função "um toque" e antiesmagamento
  • Faróis de neblina em LED
  • Tweeters de som
  • Sensor de estacionamento traseiro
  • Retrovisor interno eletrocrômico
  • Revestimentos em couro no volante, bancos e câmbio

Para efeito de comparação, na versão Touring, a mais equipada, são acrescidas mudanças visuais, carregamento de celular por indução, ar-condicionado digital de duas zonas, cluster digital de 7 polegadas, banco do motorista com regulagem elétrica e porta-malas com abertura elétrica. Tudo isso por quase R$ 35 mil a mais (além do motor). Será que vale a pena?

O Honda HR-V Touring, por exemplo, custa R$ 190 mil, quase o mesmo preço de modelos maiores e até mais equipados, como o Jeep Compass Limited e o Toyota Corolla GR-S Sport.

Qual a melhor versão do Honda HR-V?

Continua após a publicidade

Já muito equipado de série, com ótimo espaço interno e consumo de combustível de fazer inveja a modelos 1.0, o Honda HR-V EXL é a versão do SUV que mais vale a pena ser comprada, principalmente pela enorme diferença de preço para os modelos turbo. Vejam, não é a melhor versão, mas sim a mais vantajosa aliando custo e benefício.

O Honda HR-V Touring é um carro excelente, mas que já beira os R$ 200 mil, fazendo com que clientes que tenham esses recursos comecem a pensar em modelos maiores. É a estratégia da Honda e entendemos.