Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Novas falhas fazem Tesla suspender entregas da Cybertruck

Por| Editado por Jones Oliveira | 16 de Abril de 2024 às 11h05

Link copiado!

Divulgação/ Tesla
Divulgação/ Tesla
Tudo sobre Tesla

Ferrugem ao tomar chuva, menor autonomia da bateria, pane elétrica... Depois de uma enxurrada de reclamações a respeito da Cybertruck, a Tesla resolveu suspender, provisoriamente, as entregas de novas unidades da picape elétrica, que foi sucesso absoluto em sua fase de pré-venda e está disponível no Brasil por um preço surreal.

Os problemas relatados anteriormente, porém, não foram as principais causas da decisão da montadora de Elon Musk. A Tesla só tomou a iniciativa de suspender novas entregas depois que usuários utilizaram o X (antigo Twitter), que também pertence a Musk, para mais uma série de denúncias sobre problemas “inéditos” da caminhonete.

Entre as reclamações mais recentes estão falhas relacionadas ao pedal do acelerador, novamente aos freios e até ao módulo de controle da coluna de direção do carro, conforme informou o perfil The Cybertruck Guy (O “cara” da Cybertruck, em tradução literal).

Continua após a publicidade

“A partir de hoje, aparentemente, a Tesla colocou em compasso de espera todas as entregas de Cybertruck em território nacional. A última informação é de que elas serão suspensas por pelo menos uma semana”, diz o post.

Pátios da Tesla estão lotados de Cybertruck

O atraso forçado nas entregas da Tesla Cybertruck são a mais nova dor de cabeça para Elon Musk e os demais executivos da empresa resolverem, e o impacto poderá refletir diretamente na produção da picape elétrica. O motivo é bem simples.

Um vídeo postado no YouTube mostra o estacionamento da Gigafábrica da montadora, em Austin, no Texas, lotado de unidades da caminhonete, aparentemente prontas para serem entregues aos seus futuros proprietários.

O problema é que as novas denúncias sobre problemas nos freios, acelerador e até na coluna de direção, também podem estar presentes nas caminhonetes que estão aguardando entrega. Portanto, para evitar uma nova enxurrada de reclamações, é possível que a Tesla revise os carros antes de entregá-los e, para isso, interrompa as linhas de produção.