Nova central multimídia do Toyota Corolla perde espelhamento, mas ganha tamanho

Nova central multimídia do Toyota Corolla perde espelhamento, mas ganha tamanho

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 16 de Setembro de 2021 às 13h50
Reprodução/Motor 1

A Toyota confirmou que a falta de peças a obrigou a abandonar a central multimídia original do Corolla e disponibilizar aos compradores do modelo 2022 uma peça alternativa. As diferenças entre os dois modelos do acessório de entretenimento podem não agradar completamente aos clientes, mas não são tão ruins assim.

Nova central multimídia do Corolla (Imagem: Reprodução/Motor1)

Em termos de design, como mostra a foto obtida pelo pessoal do Motor1, as mudanças são bastante significativas e, ao menos nesse quesito, devem satisfazer os consumidores. Afinal, a central multimídia produzida pela Wings é maior do que a original – são 10 polegadas contra 8 polegadas.

Outro ponto a favor da peça alternativa é o visual mais limpo da tela. Enquanto a central multimídia original do Corolla possuía uma série de botões físicos (10, no total), incluindo dois grandes e redondos, para volume e troca de estações de rádio, a produzida pela Wings reuniu todos os comandos na tela sensível ao toque.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Lado negativo

Antiga central multimídia do Corolla (Imagem: Divulgação/Toyota)

O ponto negativo na nova central multimídia alternativa adotada pela Toyota para o Corolla sedã em comparação com a antiga (foto acima) é a perda do espelhamento do celular. Quem curtia jogar para a tela de entretenimento do carro as informações do celular Android ou iOS, agora não conseguirá mais fazê-lo.

Menos mal que, de acordo com a montadora japonesa e com a Wings, responsável pela produção do equipamento, os usuários de Android, pelo menos, terão a opção de baixar apps via Play Store, já que o sistema operacional é compatível. Waze, Spotify e Maps, por exemplo, poderão ser usados sem problemas. E também há a possibilidade de rotear a internet do celular para melhorar a navegação.

Fonte: Motor1, Wings

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.