Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

3 motivos para não comprar Mercedes-AMG EQS 53

Por| Editado por Jones Oliveira | 29 de Julho de 2023 às 09h30

Link copiado!

Felipe Ribeiro/ Canaltech
Felipe Ribeiro/ Canaltech

O Mercedes-AMG EQS 53 pode ser considerado o melhor e mais legal carro elétrico à venda no Brasil. Para quem tiver possantes R$ 1,4 milhão, o sedan grande, além de ter um natural apelo esportivo e desempenho fora do comum, entrega um alto nível de tecnologia embarcada, com um conjunto de equipamentos dos mais avançados que já vimos no Canaltech.

Geralmente, separamos cinco pontos positivos do carro e, em alguns casos, as tecnologias mais absurdas, como foi com a picape RAM 1500, por exemplo. Mas, com o Mercedes-AMG EQS 53, conseguimos listar sete bons motivos para você comprar um. São eles:

  1. Design
  2. Acabamento luxuoso
  3. Confortável, mesmo sendo esportivo
  4. Tecnologia que você vê a olho nu
  5. Fácil de estacionar, apesar do tamanho
  6. Desempenho
  7. Autonomia
Continua após a publicidade

Qual é o público-alvo do Mercedes-AMG EQS 53?

Para pagar R$ 1,4 milhão em um carro, obviamente seu público-alvo se torna bem restrito. Em tendo condições, o cliente do Mercedes-AMG EQS 53 quer unir a esportividade da divisão AMG, com a tecnologia distópica que esse modelo apresenta. O comprador de Mercedes, geralmente, tem mais de 30 anos e quer, acima de tudo, conforto.

Mas, no caso desse modelo, tanto faz a idade. O poder aquisitivo e a paixão por tecnologia podem agregar ao perfil desse comprador.

Continua após a publicidade

3 motivos para não comprar o Mercedes-AMG EQS 53

Mas, como nenhum produto é perfeito, o sedan hitech e futurista tem alguns pontos que merecem atenção. Por isso, o Canaltech listou 3 motivos que podem fazer você não comprar o Mercedes-AMG EQS 53.

3. Cuidado com o esterçamento traseiro

O Mercedes-AMG EQS 53 tem uma ótima feature, que é o esterçamento de 10º do eixo traseiro. Isso permite fazer curvas muito mais precisas, mesmo em alta velocidade, além de ajudar em manobras. Isso, porém, demanda um aprendizado um pouco maior e deve ser usado com cautela.

Continua após a publicidade

Em ambientes apertados, como garagens de apartamentos, esse esterçamento pode causar leves acidentes, como raladinhas na traseira, já que o diâmetro de giro é menor.

2. Não se esqueça de usar o modo suspenso

O Mercedes-AMG EQS 53 tem a suspensão adaptativa pneumática, que pode ser configurada para um modo esportivo, mais colada no chão, e mais confortável, com a suspensão do carro para um nível mais aceitável no uso urbano. Mesmo assim, tome cuidado: você vai raspar muito o assoalho desse carro em valetas e entradas de condomínio.

Continua após a publicidade

1. Falta conectividade

O conjunto de infotenimento do Mercedes-AMG EQS 53 é espetacular. Composto por três telas na frente e uma atrás (opcional), há o som de alta definição da Burmester e GPS com realidade aumentada, tudo acessado com poucos toques na tela. Além disso, há o sistema MBUX, o mais avançado que já vimos em termos de inteligência artificial em carros.

Mas, tudo isso poderia ser ainda melhor se o EQS 53 tivesse uma conexão 4G ou 5G nativa. O sistema permite pareamento com a internet do seu celular para potencializar ainda mais as funções de navegação ou de interação com a MBUX, mas isso tudo poderia ser nativo.

Continua após a publicidade

Outro ponto: um serviço de concierge já poderia ser oferecido. São detalhes que podem fazer a diferença para clientes com esse nível de poder aquisitivo.