Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Mecides: Fabricante chinesa viraliza com cópias de carrões

Por| Editado por Jones Oliveira | 21 de Fevereiro de 2024 às 11h00

Link copiado!

Divulgação/Mecides
Divulgação/Mecides

Você já ouviu falar da Mercedes-Benz, certo? Afinal, trata-se de uma das mais conceituadas marcas de carros de luxo do mundo, com a segurança e a qualidade impecáveis da indústria automotiva alemã. Agora… e a Mecides, você conhece? Não?

Ela também é uma fabricante de carros, mas não é alemã, e sim chinesa. A marca tem em seu line-up carros como o Bugatti 16C, o Porsche Cayennne, e até o Volkswagen ID.4. Ou melhor: modelos “parecidos” com os originais.

A Mecides viralizou no Instagram por apresentar carros que são cópias descaradas dos modelos que citamos acima. Alguns deles chegam até a ser bizarros, como o que lembra o design do Maserati Grecale, mas tem um símbolo igual ao da Porsche no capô. Há também um com o logo “MD” na frente, em clara alusão à marca MG, que em breve chegará ao Brasil.

Continua após a publicidade

As postagens da Mecides no Instagram contêm um número de contato via WhatsApp para os interessados e uma série de informações confusas sobre os carros, indicando que os modelos elétricos oferecem alcances entre 300 e 800 km, mas tem velocidade máxima de apenas 70 km/h, algo incompatível com os originais que se destacam, muitas vezes, justamente pela potência e desempenho.

Em uma das postagens da conta da montadora no Instagram é possível ver um funcionário manobrando um carro parecido com um Porsche e o estacionando perto de outro, também um “autêntico Mecides”, similar a um modelo Jeep. Uma autêntica “fábrica dos sonhos” para quem curte produtos alternativos, não é mesmo?

Continua após a publicidade

Mecides faz o autêntico carro ‘xing-ling’

Os carros chineses de marcas como BYD, GWM, Seres e Omoda Jaecoo chegaram ao Brasil e conquistaram o mercado não apenas por seus preços competitivos, mas também pela qualidade dos produtos oferecidos.

As marcas conseguiram, em pouco tempo no país, desconstruir a imagem de ‘xing-ling’ que é pejorativamente atribuída a produtos originários da China. O termo é usado para ilustrar produtos que parecem com o original, mas, na verdade, são cópias, muitas vezes de má qualidade, dos itens que custam caro e são cobiçados pelo público (quem nunca se deparou com propagandas do 'Hi-Phone' por aí?).

Continua após a publicidade

Pelo que a Mecides mostrou com seus clones de modelos badalados, fabricados pura e simplesmente para ficarem com design parecido com os originais, nem todas as montadoras chinesas pensam da mesma forma, não é? E você, canaltecher? Compraria um Mecides se ele fosse vendido no Brasil? Conta pra gente em nossas redes sociais.