Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Enchente no RS obriga Volkswagen a parar fabricação de carros

Por| Editado por Jones Oliveira | 15 de Maio de 2024 às 14h10

Link copiado!

Divulgação/Volkswagen
Divulgação/Volkswagen
Tudo sobre Volkswagen

A Volkswagen é a mais nova fabricante de veículos a sofrer duras consequências por conta das enchentes que vêm castigando o Rio Grande do Sul. A montadora confirmou que vai paralisar a fabricação da maioria de seus carros e dará férias coletivas aos funcionários de três plantas no Brasil.

Em comunicado oficial, a Volkswagen informou que os colaboradores das fábricas de Taubaté, São Bernardo do Campo e São Carlos, todas localizadas no estado de São Paulo, poderão ficar em suas casas a partir da próxima segunda-feira (20).

A princípio, as linhas de produção ficarão paradas por 10 dias em Taubaté e São Bernardo do Campo, e por 11 dias em São Carlos. A única que seguirá funcionando normalmente, pelo menos por enquanto, é a planta de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (PR).

Continua após a publicidade

A Volkswagen informou que tomou tal decisão porque “alguns fornecedores de peças instalados no estado do Rio Grande do Sul estão impossibilitados de produzir nesse momento”, e ressaltou que tem convicção de que a reconstrução do RS “será realizada com a mesma grandeza dos gaúchos”.

T-Cross é único não afetado

A paralisação em três das quatro plantas da Volkswagen no Brasil por conta das enchentes no Rio Grande do Sul afetará praticamente toda a produção de carros da marca alemã no país. A exceção será o T-Cross, que sai das linhas de São José dos Pinhais.

Continua após a publicidade

Polo GTS, Virtus, Saveiro e Nivus, que são produzidos na planta da Anchieta, em São Bernardo do Campo, terão suas linhas interrompidas, assim como os motores fabricados em São Carlos e as demais versões do Polo, que são de responsabilidade da planta de Taubaté.