Publicidade

Enchente no RS faz venda de carros cair 15% em maio

Por| Editado por Jones Oliveira | 21 de Maio de 2024 às 08h55

Link copiado!

Kelly Sikkema/Unsplash
Kelly Sikkema/Unsplash

Os números parciais das vendas de carros 0km no Brasil em maio apontam os reflexos negativos da enchente causada pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul. Além dos problemas na produção, os emplacamentos também foram afetados na primeira quinzena deste mês.

De acordo com a Bright Consulting, consultoria especializada no segmento automotivo, o recuo no comparativo entre os dez primeiros dias úteis de abril e maio mostra uma retração de aproximadamente 15% nas vendas.

O relatório aponta que foram emplacados 81.395 veículos no período, ante 96.206 registrados em abril. Mesmo assim, os números apresentaram crescimento de 6,1% em relação a 2023, ocasião na qual foram vendidos 76.696 carros novos.

Continua após a publicidade

O recorte específico para a região do Rio Grande do Sul é ainda mais alarmante. Segundo a consultoria, o estado gaúcho costuma vender cerca de 10 mil unidades mensalmente, mas não emplacou um carro novo sequer desde 7 de maio. Com isso, os 5%, em média, que os gaúchos registram mês a mês no cenário nacional, estão comprometidos.

Enchente também afeta produção

A enchente que devastou o RS já havia afetado a produção das principais montadoras do Brasil. A GM chegou a paralisar as linhas em Gravataí, de onde saem o Onix e o Onix Plus, enquanto a Volkswagen paralisou as atividades nas fábricas localizadas no estado de São Paulo.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

A princípio, as linhas de produção ficarão paradas por 10 dias em Taubaté e São Bernardo do Campo, e por 11 dias em São Carlos. A única que seguirá funcionando normalmente, pelo menos por enquanto, é a planta de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (PR).