SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

CEO e fundador da empresa de táxis autônomos da GM pede demissão

Por| Editado por Jones Oliveira | 21 de Novembro de 2023 às 13h17

Link copiado!

Divulgação/Cruise
Divulgação/Cruise

Os problemas recentes com robotáxis da Cruise, divisão de carros autônomos da GM, tiveram um novo desdobramento, agora envolvendo a alta cúpula da companhia. CEO da empresa, Kyle Vogt pediu demissão e se afastou do cargo.

Vogt foi um dos fundadores da Cruise em 2013 e, desde dezembro, assumiu o cargo de CEO após Dan Amman anunciar sua saída da função. A série de incidentes durante os pouco mais de 11 meses no posto, porém, acabaram desgastando o jovem executivo de 38 anos.

Em um e-mail enviado aos colaboradores da Cruise, ao qual a agência de notícias Reuters teve acesso, Kyle Vogt anunciou a saída, assumiu sua responsabilidade pela enorme crise em que a empresa se encontra no momento e abriu caminho para a marca seguir caminho sem ele no comando.

Continua após a publicidade

“Como CEO, eu assumo a responsabilidade pela situação em que a Cruise se encontra hoje. Não há desculpas e não há como amenizar o que aconteceu. Precisamos redobrar o foco na segurança, na transparência e no envolvimento da comunidade”.

Continua após a publicidade

GM reforça confiança na Cruise

O pedido de demissão do agora ex-CEO da empresa de táxis autônomos aconteceu cerca de quatro dias depois de a cúpula da montadora se reunir e eleger um novo diretor administrativo para a Cruise, Craig Glidden.

Glidden foi alçado ao posto para avaliar e encontrar soluções para os últimos problemas de segurança envolvendo os carros da Cruise e colocar um ponto final nos acidentes de trânsito que culminaram com a paralisação na produção dos táxis autônomos em San Francisco.

Continua após a publicidade

A troca de executivos e a crise em que a Cruise está envolvida não significam que a GM tenha perdido a confiança na divisão de carros autônomos. Segundo Mary Barra, CEO da General Motors, a empresa continua apostando alto na “tecnologia transformadora” da Cruise para “tornar o transporte mais seguro, limpo e acessível”.

Fonte: Reuters