Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

BMW X7 | Como anda a nova geração do SUV de luxo?

Por| Editado por Jones Oliveira | 29 de Novembro de 2023 às 14h45

Link copiado!

Paulo Amaral/Canaltech
Paulo Amaral/Canaltech
Tudo sobre BMW

A nova geração do BMW X7 chegou “chegando”, como diz o dito popular. Apresentado ao mercado brasileiro em Indaiatuba, cidade próxima a Campinas, no interior de São Paulo, o renovado SUV de 7 lugares logo foi colocado à prova. Literalmente.

A reportagem do Canaltech foi convidada para acelerar o modelo na sinuosa pista da Fazenda Capuava, cuidadosamente preparada para travar um pouquinho o circuito e, assim, evitar que algum jornalista mais empolgadinho exagerasse na dose.

Continua após a publicidade

Mesmo assim, foi possível sentir todo o poder do novo motor S68, um V8 TwinPower Turbo Mild Hybrid, que dispensa o alternador ao contar com uma máquina elétrica e uma bateria de 48 volts.

Os 530cv de potência e os 76,5 kgf/m de torque do propulsor de 4.4 litros do SUV, que ainda tem câmbio automático de 8 velocidades, tração integral inteligente xDrive e suspensão automática ajustável, fizeram do BMW X7 M60i um carro extremamente feroz.

A experiência de tocar esse portentoso BMW no circuito do Autódromo da Fazenda Capuava foi, no mínimo, diferente. E é isso que o Canaltech vai relatar para vocês a partir de agora.

Como anda o novo BMW X7?

De uma maneira bem ilustrativa, é possível dizer que o BMW X7 M60i não esteve em seu “habitat natural” quando foi colocado para acelerar forte em uma pista de corrida. Mesmo assim, não se engane. O enorme e pesado SUV de 7 lugares não fez feio. Longe disso.

Como todo SUV, o X7 não foi projetado para ser um carro de pista, e não é difícil imaginar que o comportamento dinâmico de quem pesa 2.469 quilos e ostenta 5.164 mm de comprimento x 2.000 mm de largura x 1.796 mm de altura x 3.105 mm de entre-eixos é diferente dos modelos esportivos tradicionais.

Continua após a publicidade

A eletrônica e a tecnologia presentes nos muitos recursos de assistência à direção embarcados na nova geração do BMW X7, porém, deram “aquela forcinha” extra para manter o carro estável o suficiente nas curvas para tornar a condução segura e, por que não dizer, divertida.

Nas retas, como previsto, o novo V8 fala alto e faz o estômago subir até a garganta. Nas curvas, porém, a impressão é nítida de que, não fossem os avançados controles de estabilidade e tração, uma pisadinha extra no acelerador poderia transformar a diversão em uma dor de cabeça em fração de segundos.

Executivo explica comportamento do BMW X7

Continua após a publicidade

Tiago Yoshitake, Gerente de Produtos e Preços da marca, conversou com a reportagem do Canaltech após o término do rápido test-drive no circuito e explicou, de forma simples e didática, o porquê do comportamento do BMW X7 na pista ter se tornado tão seguro.

“Ele não foi feito somente pensando no off-road. O X7 tem essa pegada. O sistema xDrive, da BMW, é um pouquinho diferente da tração integral tradicional. Cada eixo atua em uma roda de maneira diferente para compensar uma possível perda de estabilidade. Ele faz a correção se você não entrar tão bem em uma curva, por exemplo”.

Segundo o executivo, o sistema que permite esterçamento das rodas traseiras também tornou o SUV de 7 lugares mais seguro para condução em terrenos acidentados e na pista. “Ele é perfeito no off-road por conta dos terrenos danificados e irregulares. Na pista, o conceito é um pouco parecido”, concluiu.

Gostou das primeiras impressões a respeito do X7? A nova geração do SUV de 7 lugares já está chegando nas concessionárias da marca, em versão única. O preço? Compatível com um carro rotulado pelos executivos como “Super Premium”: R$ 1.154.950.

Continua após a publicidade