Campus Party | Empreendedorismo feminino como uma força do bem

Por Beatriz Vaccari | 09 de Julho de 2020 às 12h00
reprodução/Cartier Women's Initiative

A Campus Party começou nesta quinta-feira (9) em seu formato 100% digital e gratuito. Com uma programação transmitida para 31 países, 3 mil palestrantes estão distribuídos entre os três dias de evento para debater e compartilhar ideias sobre empregos, economia, meio ambiente, saúde, ciência, educação, entretenimento e muito mais. 

Wingee Sampaio e Rowan Gardner foram as anfitriãs de um dos primeiros painéis do palco principal, chamado “Women Entrepreneurs as a Force for Good”, em português, “Empreendedorismo feminino como uma força para o bem”. Em meia hora, ambas dividiram com o público suas experiências no mundo do empreendedorismo feminino.

Sampaio iniciou o painel falando sobre a Cartier Women’s Initiative, em que é Diretora Global, programa de incentivo às mulheres empreendedoras que já está na ativa há 14 anos em sete regiões do mundo. De acordo com ela, a visão principal da iniciativa é “um mundo em que toda mulher empreendedora que promove mudanças sociais e ambientais possa atingir seu potencial.”

Ela também comentou que o foco do programa é ajudar a alcançar as metas de desenvolvimento sustentável da ONU, que atualmente precisa de cerca de 5 a 7 trilhões de dólares para chegar ao seu objetivo até o ano de 2030.

Wingee Sampaio (Foto: Reprodução/Cartie Women's Initiative)

"Nós acreditamos que a igualdade de gênero pode ter um grande papel na solução desses desafios globais”, declarou Wingee Sampaio durante o painel. Ela também aproveitou o momento para dividir a novidade desse ano da Cartier Women’s Initiative, que é o Prêmio Pioneiro de Ciência e Tecnologia para “reconhecer e apoiar as mulheres que estão focadas na ciência, tecnologia e inovação". As inscrições já podem ser realizadas pelo site

Mais tarde, Wingee passou a palavra para Rowan Gardner, co-fundadora da PrecisionLife, uma empresa de Medicina de Precisão focada em encontrar opções mais acessíveis para pessoas com necessidades médicas que não são atendidas por meio da estratificação social. Ela é formada em bioquímica pela Universidade de Oxford e atualmente sua empresa está focada em entender as experiências adversas do corpo humano quando está infectado com a COVID-19.

Rowan Gardner dividiu na transmissão ao vivo que sempre teve muito incentivo dentro de casa para focar em seus estudos, principalmente em física. “[Meu pai] nunca me deu a impressão de que as mulheres não pertencem à Ciência e à Engenharia, então penso que começa ali na infância”, comentou.

“Eu tive muitos problemas de saúde quando era criança, então vivia no hospital. Isso me fez criar uma fascinação pelo corpo humano”, declarou, justificando seu interesse, trabalho e dedicação na área da saúde e ciência. Além da PrecisionLife, Rowan chegou a co-fundar a Synomics, plataforma federada de integração e análise de dados de ciências da vida e a Biolauncher, companhia focada em trabalhar com empresas de biotecnologia em estágio inicial no ecossistema empresarial.

Rowan Gardner (Foto: Reprodução/Cartier Women's Initiative)

Rowan Gardner foi jurada da Cartier Women's Initiative em 2020, e chegou a comentar durante o painel que também está animada para ler as aplicações das empresas que podem se inscrever no Prêmio de Pioneiro em Ciência e Tecnologia.

Quase no fim do painel, a empreendedora deixou dois conselhos para mulheres que querem começar no ramo: “Eu sempre digo que empreendedorismo é um esporte de muito contato, então você deve se comprometer e avançar com suas ideias”, ela também divide que sempre se cobrou muito pessoalmente, então uma de suas dicas é não se preocupar em falhar ou em ser perfeita, apenas começar.

“Meu segundo conselho é perceber que você não pode fazer isso sozinha, então você vai precisar tirar dúvidas, encontrar investidores e pessoas que vão embarcar com você nessa jornada”, comentou, destacando o programa Cartier Women’s Initiative como uma organização que está disposta a apoiar e incentivar as ideias de mulheres empreendedoras.

A Campus Party acontece entre esta quinta-feira (9) e sábado (11) totalmente online com palestrantes de todo o mundo. Para acompanhar os painéis e encontrar mais informações, acesse o site oficial.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.