Análise: StreamCam Plus é webcam parruda e versátil para streamers profissionais

Análise: StreamCam Plus é webcam parruda e versátil para streamers profissionais

Por Wagner Wakka | 27 de Maio de 2020 às 12h00
Wagner Wakka/Canaltech

Uma das dificuldades de quem está em casa é conseguir uma boa câmera para fazer suas lives. Usar a webcam de um notebook ou do próprio smartphone é uma opção, mas nem sempre se mostra a melhor das ideias, principalmente se você não tem um bom sistema de iluminação.

É nesse contexto que a StreamCam Plus chega para ajudar. Ela é a nova webcam premium da Logitech, saindo por R$ 1.299. É um investimento alto, mas será que vale tudo isso mesmo?

Estrutura

A StreamCam Plus é uma câmera encorpada com formato cúbico. Como suas dimensões são semelhantes em ambos os lados, é possível usá-la tanto na horizontal quanto na vertical. A ideia aqui é que o usuário tenha liberdade para usá-la como quiser, inclusive em lives para redes sociais que priorizam imagem vertical, como o Instagram.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Um dos destaques é o tripé que acompanha o pacote. O suporte é bem versátil, pesando somente 70 gramas, o que o torna fácil de carregar na mochila. Além disso, ele traz um gacho na parte de cima que permite rotacionar a câmera em 90º, mudando a posição vertical e horizontalmente sem dificuldades. Com pés retráteis, ela também permite ajustar a altura em cima da mesa, criando ângulos mais frontais para evitar tomadas de baixo para cima, como geralmente ocorre em webcams de notebooks.

O conjunto também traz um suporte convencional para posicionar a StramCam Plus em cima de um monitor. Assim, se você quiser aquela posição mais tradicional, é fácil de colocar a webcam nesse lugar.

Tripé oferece boa versatilidade (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

A câmera da Logitech é toda emborrachada, com bom acabamento que se espera de um produto premium. Ainda, tem uma textura na parte da frente que dá um bom charme ao acessório, sob o qual está escondida a luz que indica que ela está ligada (ou seja, captando imagem). A lente, por sua vez, é protegida com uma camada de vidro, dando maior durabilidade ao acessório.

A StreamCam Plus vem com um cabo de 1,5 m, longo o bastante para a proposta de posicionamento em cima da mesa. A conectividade está limitada a um plug USB-C 3.1 , o que pode ser um problema caso você não tenha aparelhos com esse tipo de entrada. Para fazermos esta análise, por exemplo, foi preciso utilizar um adaptador USB-A — no fim, deu tudo certo.

Especificações

A StreamCam Plus vem equipada com sensor com capacidade de fazer capturas em Full HD. A lente, por sua vez, tem abertura f/2.0, que pode ser considerada uma boa especificação, levando-se em conta de que se trata de uma webcam, mas não será tão efetiva como uma DSLR. Assim, é preciso ter um espaço com uma bela quantidade de luz para conseguir tirar toda qualidade que o produto pode oferecer.

Além da resolução de 1080p, a Logitech chama a atenção para a capcidade de câmera em fazer vídeos a 60 fps. A ideia aqui é que o usuário consiga ter na câmera de rosto a mesma taxa de quadros que os jogos para computadores, que na maioria das vezes rodam a no mínimo 60 fps. Isso elimina o aspecto estranho de diferença de quadros quando se está apresentando uma live, com o game rodando a uma taxa de quadros diferente da câmera do apresentador.

A distância focal da lente também é outro diferencial. Ela foca a partir de 3,7 mm, conseguindo gravar bons detalhes em macro. Essa função pode não ser exatamente explorada em transmissões, mas pode ajudar na hora de gravar detalhes de objetos, o que a torna bem versátil. Com um campo de visão de 78º, ela funciona bem para um ambiente aberto, sem distorcer muito as laterais dos vídeos, como acontece com câmeras de ação.

Com lente em vidro, aparelho alcança bom foco (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

Por fim, o acessório ainda conta com um microfone omnidirecional duplo, o qual traz uma qualidade bastante honesta. Este não é um ponto de destaque do aparelho, pois, em se tratando de um produto premium, é esperado já que o usuário já tenha um sistema de som melhor para lives. Assim, não espere que a StreamCam Plus resolva questões de vídeo e som com a mesma eficiência.

Software

Um dos pontos altos da Logitech StreamCam Plus é como ela trabalha com o software Logitech Capture. Ele reconhece o aparelho automaticamente, sem que você precise fazer instalações mais complexas, facilitando o uso da webcam.

O programa oferece ajustes básicos, como foco, abertura de diafragma, balanço de branco, resolução e taxa de quadros. Contudo, ele é um software bastante pesado e pode exigir certa capacidade de processamento do seu computador.

O Logitech Capture tem um sistema chamado Smart Vídeo, que usa inteligência artificial para identificar o rosto de quem está na tela para mantê-lo sempre dentro do enquadramento. Assim, em uma live em que você se empolga, dificilmente vai sair do quadro com a funcionalidade ativada. Entretanto, vale ficar esperto, pois isso também vai demandar mais processamento do seu computador, impactando na qualidade da transmissão caso você não tenha um bom PC.

Programa é façil de usar e ajustar (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

Outra boa ferramenta do programa da Logitech é o de chroma key. Ele consegue recortar fundos verdes e azuis, com capacidade para regulagem de uma forma bem eficiente. Assim, para aquele set up com fundo falso, o próprio programa da Logitech pode ser eficiente. Apesar de estar contido nesta análise, vale perceber que o software não é exclusivo da StreamCam Plus e funciona com outros aparelhos da marca.

Testes 

A webcam se mostrou bem eficiente em entregar imagens excelentes. Os testes foram feitos em transmissões ao vivo com jogos, colocando a imagem reduzida somente para mostrar a reação do jogador. O produto também foi testado para fazer gravações e entregou boa qualidade, mostrando que também pode auxiliar em vídeos com pós-edição.

Desta forma, a StreamCam Plus oferece uma boa variedade de configurações:

Resoluções

  • 1920x1080, 1280x720, 960x540, 848x480, 640x360, 320x240

Taxas de quadros suportada

  • MJPEG: 60 fps, 30 fps, 24 fps, 20 fps, 15 fps, 10 fps, 7,5 fps, 5 fps
  • YUY2, NV12: 30 fps, 24 fps, 20 fps, 15 fps, 10 fps, 7,5 fps, 5 fps

Isso torna a câmera bem versátil, conseguindo abranger uma gama alta de funções, mesmo que seu set up não dê conta de fazer transmissões ao vivo em 1080p/60fps.

Por exemplo, para aliviar a carga de trabalho do seu computador— reservando mais para o jogo — , é possível colocar resoluções menores, mantendo uma alta taxa de quadros. Como o jogador vai aparecer somente como um detalhe no canto da tela, o usuário também pode optar por imagem em 720p, mas com 60 fps para dar fluidez sem perder tanto em qualidade.

Para conseguir a melhor qualidade possível, contudo, talvez você precise de um bom conjunto de iluminação. Em ambientes com pouca luz, a webcam da Logitech começa a apresentar ruídos, sendo interessante uma iluminação frontal direta no jogador.

Aparelho exigiu adaptador para cabo USB-C nos testes (Foto: Wagner Wakka/Canaltech)

Novamente, é importante ressaltar que a transmissão em 1080p com 60 fps vai pedir bastante do seu aparelho. Portanto, vale garantir uma placa de vídeo (mesmo que não tão potente) para conseguir usar esta webcam sossegado, tirando o melhor proveito dela. A ferramenta de reconhecimento facial também é uma boa proposta, mas vai consumir parte dos recursos do seu computador.

Para quem? 

A StreamCam Plus é um produto premium, com uma faixa de preço alta. Ela entrega bem o que promete: uma boa qualidade de imagem, com alta taxa de quadros, ainda sendo bem fácil de se instalar. O produto também é versátil, podendo ser posicionado da forma que o usuário quiser graças ao tripé e ao suporte que o acompanham, podendo optar pela orientação horizontal ou vertical. Ainda, para quem não tem um set up mais potente, a redução de resolução para manter a taxa de quadros é outro ponto que conta para a flexibilidade e versatilidade do aparelho.

Contudo, este é um produto indicado para quem já tem experiência e outros equipamentos adequados para livestreaming. Com o preço de R$ 1.299, o produto da Logitech deve ser a última peça do seu set up para transmissões. Isso porque você só vai conseguir tirar dele o melhor desempenho, sem impactar nos recursos do PC, com uma máquina com bom processador e placa de vídeo.

Ainda, sem um sistema de som efetivamente bom, também vale a pena investir em um microfone antes de comprar uma webcam por este valor. Além disso, por conta da abertura, ainda será necessário um foco de luz direta para tirar tudo do que ela oferece.

Caso você também esteja pensando em uma câmera que funcione bem para lives e gravações enquanto joga, este modelo oferece bom desempenho em ambas funções.

Diante deste raciocínio, é possível cravar: a StreamCam Plus é um excelente produto, entretanto é mais indicado para influenciadores com set up mais profissional, não sendo exatamente a primeira opção de produto para quem está começando a se preparar para fazer lives.

A Logitech StreamCam Plus já está disponível no mercado brasileiro ao preço de R$ 1.299.

*No Canaltech, a análise da StreamCam Plus foi feita com uma unidade fornecida gentilmente pela Logitech.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.