Publicidade

Windrunner | Maior avião do mundo tem tamanho de campo de futebol

Por| Editado por Jones Oliveira | 22 de Março de 2024 às 18h05

Link copiado!

Divulgação/Radia
Divulgação/Radia

A Radia, startup de energia com sede em Boulder, no Colorado (Estados Unidos), resolveu apostar no projeto do cientista Mark Lundstrom, formado pelo MIT e especialista em foguetes, para desenvolver o Windrunner, maior avião cargueiro do mundo.

A empresa informa que o avião terá como missão principal auxiliar a transição energética. Como? Utilizando seu tamanho gigantesco para transportar as imensas pás de turbinas eólicas sem se preocupar com limitações impostas pela infraestrutura terrestre, como pontes e túneis.

O projeto vem sendo desenvolvido há 7 anos e passa por aprimoramentos para, em breve, colocar a aeronave no ar. E as apostas no sucesso do Windrunner são grandes.

Continua após a publicidade

Prova disso é que a startup recebeu aportes na casa de US$ 104 milhões de empresas do setor do petróleo e de capital de risco, e já está avaliada em mais de US$ 1 bilhão.

Lundstrom manteve o projeto em segredo durante quase uma década para poder executar todos os tipos de testes e, só depois de ter a certeza de que nada de errado aconteceria, divulgar seu impressionante trabalho.

Continua após a publicidade

Entre os funcionários que trabalham na Radia estão ex-executivos da Boeing e integrantes da FAA, a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos. Tudo para ajudar a implementar de forma maciça as turbinas eólicas e, com isso, reduzir o custo de energia em até 35% no setor.

Como é o maior avião do mundo?

O Windrunner tem medidas que impressionam. De acordo com dados do site oficial da Radia, o futuro maior avião do mundo apresenta 108 metros de comprimento, 24 metros de altura e 80 metros de envergadura, além de ter capacidade para carregar até 80 toneladas de carga.

Continua após a publicidade

Apenas para efeitos de comparação, o gramado do Maracanã, que já foi considerado o maior estádio do mundo, tem 105 metros de comprimento, três a menos que o Windrunner. O maior avião do mundo também supera em tamanho o Antonov AN-124 e o Boeing 747-8, um dos maiores aviões de passageiros do mundo.

As imponentes dimensões exigirão uma pistas de pouso e decolegem gigantescas para que o Windrunner possa alçar voo e retornar em segurança. Segundo a empresa, o avião que “mudará o cenário de energia eólica para sempre” necessita de ao menos 2.000 metros de extensão para tais manobras.

Quando o Windrunner entrará em ação?

A previsão da Radia é que o Windrunner esteja pronto para iniciar seus trabalhos de forma oficial apenas em meados de 2027. A promessa é que o maior avião cargueiro do mundo possa alcançar velocidades máximas de 0,6 Mach (740,88 km/h) e ter alcance de até 2.000 km por voo.

Continua após a publicidade