Embraer pode anunciar novas aeronaves "mais sustentáveis" em novembro

Embraer pode anunciar novas aeronaves "mais sustentáveis" em novembro

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 14 de Outubro de 2021 às 11h50
Divulgação/Embraer

A Embraer vai caminhar — ou voar — em direção à neutralidade de carbono. Segundo o CEO da fabricante brasileira, Arjan Meijer, novos projetos devem ser anunciados em novembro, como aeronaves mais sustentáveis e todo um roadmap tecnológico visando melhorias nos níveis de poluentes da empresa, que tem como objetivo zerar completamente suas emissões até 2050.

Mesmo sem revelar se vai criar aeronaves baseadas nas já existentes ou se irá desenvolver modelos completamente do zero, é fato que a Embraer vai anunciar ao menos alguns protótipos. Esses aviões podem ser híbrido-elétricos, 100% eletrificados, aeronaves movidas a combustível de aviação sustentável (SAF, na sigla em inglês) e hidrogênio e soluções híbridas combinando eletrificação com SAF ou hidrogênio.

Um desses modelos que podem ser anunciados oficialmente é um turboélice que seria abastecido com SAF. Não se sabe se o combustível poderia ser óleo de cozinha, como em testes recentes da Airbus, mas é claro que o caminho a ser seguido — ao menos nessa aeronave — são os combustíveis sustentáveis. Se confirmado, esse avião atenderia rotas regionais com até 70 passageiros, com início das operações em até 5 anos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Novo turboélice da Embraer seria abastecido com combustível sustentável (Imagem: Divulgação/Embraer)

Já com relação às aeronaves atuais dentro da linha da Embraer, como os E-Jets, a empresa segue efetuando melhorias no consumo de combustível e na conversão do abastecimento de querosene de aviação para o SAF. Os modelos E-175 E1 e E2 estão em processo de homologação para a adoção desse novo sistema que, por enquanto, ainda precisa da mistura entre os dois tipos, mas que, no futuro, pode ser 100% sustentável. 

Vale lembrar que, além de trabalhar com suas aeronaves de grande porte, a Embraer também efetuou mudanças no nível de poluentes em seu funcionamento interno. Segundo o próprio CEO, a empresa já é neutra na emissão de CO² em seus escritórios e sedes em todo o Brasil. Além disso, a fabricante segue desenvolvendo outros projetos de mobilidade com foco na sustentabilidade, como os carros voadores elétricos (eVTOLs).

Fonte: AIN Online

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.