"TikTok Music" pode ser o novo app da ByteDance para concorrer com o Spotify

"TikTok Music" pode ser o novo app da ByteDance para concorrer com o Spotify

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 28 de Julho de 2022 às 16h39
(Imagem: Eyestetix Studio/Montagem: Kris Gaiato)

A ByteDance aparentemente planeja expandir sua atuação no streaming de música para os Estados Unidos. Uma recente marca registrada no Escritório Americano de Patentes (USPTO) em maio sugere que a empresa quer lançar o “TikTok Music” no país norte-americano e competir de perto com serviços do segmento, incluindo Spotify e Apple Music, mas com “ferramentas sociais”. As informações foram divulgadas pelo site Business Insider.

Não se sabe como o TikTok Music vai se parecer — tampouco se ele realmente terá esse nome. A plataforma, segundo o registro, permitirá que usuários “comprem, escutem, compartilhem e baixem músicas e álbuns” no PC e no celular, bem como “criar, reproduzir e compartilhar playlists e letras”.

A diferença do app da ByteDance para os demais concorrentes seria o apelo social. O TikTok Music permitiria publicar fotos, recriar conteúdo e fazer comentários públicos em faixas e álbuns disponíveis no app. Além disso, o registro também menciona o compartilhamento de conteúdo, vídeos, fotos, aplicativos, transmissões ao vivo e função karaokê.

Resso, é você?

Atualmente, a ByteDance já atua no segmento de streaming de música, porém em mercados selecionados. No Brasil e na Índia, existe o Resso, app da empresa com a exata proposta descrita no registro “TikTok Music”: uma mistura de serviço de música com redes sociais.

O Resso pode ser usado no computador ou no celular (Imagem: Reprodução/Resso)

A principal função do Resso é a reprodução de músicas, assim como Spotify, Apple Music, Deezer e outros, contudo o app se diferencia ao se aproximar do TikTok em alguns aspectos. Um deles é a curadoria de faixas por algoritmo que, até no visual, se parece bastante com o app de vídeos curtos.

Pode ter outro nome

É possível, portanto, que o Resso (ou algo bem parecido) esteja a caminho de ser lançado nos Estados Unidos e outros países além daqueles em que ele atua até este momento. Nos EUA, inclusive, a plataforma pode até ser lançada com um novo nome — talvez, para evocar maior familiaridade com a rede social.

Contudo, sempre existe a chance de ser um produto totalmente novo e uma plataforma inédita da ByteDance. Até que a empresa se manifeste acerca da nova plataforma, tudo fica no campo das incertezas.

Fonte: Business Insider, USPTO  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.