TikTok vai "se vingar" e lançar app de fotos igual ao Instagram? Entenda

TikTok vai "se vingar" e lançar app de fotos igual ao Instagram? Entenda

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 28 de Julho de 2022 às 09h52
Montagem: Caio Carvalho/Canaltech

Respondendo à pergunta que dá título a este texto: não, o TikTok não vai lançar um app para “se vingar” da cópia do Instagram nos Reels, e a história é um pouco menos simples do que isso. A dona da rede de vídeos curtos, ByteDance, registrou a marca de um novo app chamado "Kesong" (Croissant, em tradução livre) que seria uma plataforma focada no compartilhamento de fotos e vídeos de experiências pessoais — bem parecido com o "antigo Instagram", conforme revelou o veículo chinês SCMP.

Apesar das semelhanças, porém, a intenção da ByteDance não parece disputar terreno com a rede social da Meta no Ocidente, mas apenas alcançar o público da China, onde o Instagram sequer está disponível. Lá, a nova iniciativa da dona do TikTok concorreria diretamente com o XiaoHongShu, plataforma local de "e-commerce social" com foco em compartilhamento de experiências por meio de fotos e vídeos.

A ByteDance não vai lançar um app para "se vingar" do Instagram (Imagem: cottonbro via Pexels/Reprodução)

Assim como era no Instagram anos atrás, o Kesong seria um ambiente de compartilhamento de mídias entre amigos e familiares, bem como influenciadores, que incentivam o consumo com conteúdo simples e pouco invasivo e foco em análises de compras e avaliações orgânicas.

Apenas coincidência

Apesar das campanhas recentes, que clamam pelo retorno do “antigo Instagram”, a ByteDance aparentemente não quer aproveitar essa onda. A dinâmica comercial da China funciona de forma diferente e por isso existe a oportunidade de implementar estratégias diferentes para alcançar o público local.

Contudo, uma vez que a popularidade do Instagram se encontra abalada, publicações recentes de veículos ocidentais sobre o registro do Kesong rapidamente acenderam um alerta de que a ByteDance "se vingaria" do Instagram com um novo app, mas nesse momento isso não passa de especulação forçada. Claro, nada impede que a dona do TikTok expanda o Kesong para outros mercados, mas esse não parece ser o plano agora e isso não deve acontecer tão cedo.

O Kesong não foi a única tentativa da ByteDance em emplacar nesse segmento: em 2018, a empresa tentou abocanhar parte desse mercado com o Xincao, outro app com proposta semelhante. Em 2020, a companhia emplacou o Sharee (posteriormente rebatizado como Lemon8), que existe até hoje e acumula mais de 1 milhão de downloads no Japão.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.