Salas do Twitter Espaços vão ganhar suporte a interações de texto

Salas do Twitter Espaços vão ganhar suporte a interações de texto

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 06 de Maio de 2022 às 16h06
Felipe Freitas/Canaltech

O Twitter começou a testar um recurso de texto nas salas de áudio do Espaços. A ideia é permitir que os participantes se comuniquem também via tuítes, por escrito, sem precisar ligar o microfone ou interromper os anfitriões durante a fala.

Ao iniciar uma sala nova, organizadores das conversas poderão criar um cartão temático sobre o bate-papo, no qual todas os participantes vão interagir — veja se o ícone de balão de conversa aparece na parte inferior da sala. Isso funcionará como uma thread centralizada e permitirá que as pessoas leiam ou respondam, como se fosse um tuíte regular:

Mesmo se não houver resposta de ninguém, o cartão pode funcionar como uma ferramenta extra de compartilhamento dos Espaços. Vale lembrar que qualquer pessoa poderá ter acesso a isso, independente de estarem na conversa ou não.

Um registro em texto das conversas de voz

A parte interessante é que tanto o cartão original quanto os tuítes subsequentes ficarão disponíveis na interface do Espaços. Quem não tiver participado ao vivo ainda poderá acessar esse local para saber o que as pessoas comentaram.

A adição não chega a ser uma ferramenta de bate-papo em tempo real, como muita gente quer, mas oferece um recurso próximo a isso, tendo os posts como centro das atenções. É um método interessante para quem deseja interagir sobre a conversa de áudio, mas sem precisar falar.

Segundo o perfil oficial do Espaços, o recurso está em fase experimental para alguns usuários no iOS e Android. Por enquanto, é provável que apenas usuários mais aficionados do chat por voz sejam contemplados, mas futuramente deve ser algo expandido para mais gente.

O Clubhouse, principal concorrente do Twitter Espaços, já possui uma ferramenta de chat escrito para os participantes. Por outro lado, a rede social do passarinho tem planos mais avançados para monetização de conteúdo, como os ingressos pagos e os Superfollows.

Fonte: Twitter  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.