Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Página Inicial do Facebook passa a recomendar posts de perfis que você não segue

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 21 de Julho de 2022 às 10h00

Link copiado!

Unsplash/Solen Feyissa
Unsplash/Solen Feyissa
Tudo sobre Facebook

Nesta quinta-feira (21), a Meta anunciou a chegada das novas abas Feeds e Página Inicial no Facebook. Pensadas como formas de refinar a experiência dos usuários na rede social de Mark Zuckerberg, essas novas seções da plataforma incrementam o potencial de descoberta, mas sem sacrificar as publicações e as novidades publicadas por amigos e familiares.

A aba Página Inicial é, como o nome sugere, a primeira tela do Facebook. Nela, serão reunidas publicações, notícias, Reels e Stories, mas não somente de amigos e familiares. Este será um lugar de descoberta, em que o usuário receberá recomendações de perfis que ainda não segue e possivelmente terá recorrência de posts patrocinados.

Continua após a publicidade

A segunda aba, a Feeds, é onde o Facebook compilará as publicações de amigos, Favoritos, Páginas e grupos do usuário. Nesta área, o potencial de descoberta é significativamente menor e a apresentação de conteúdo acontece em ordem cronológica — semelhante ao submenu “Seguidos” do Instagram.

Quem usa o TikTok deve ter percebido que a nova estrutura do Facebook é bastante parecida com ele — no app de origem chinesa, o conteúdo é dividido entre "Seguindo" (apenas de perfis que você segue) e "Para você" (com recomendações gerais e publicações de amigos).

Mais descoberta no Facebook

“À medida que a Página Inicial se torna mais um mecanismo de descoberta para você encontrar e seguir novos conteúdos e criadores por meio de recomendações, a aba Feeds oferece uma maneira fácil de acessar o conteúdo das pessoas e comunidades com as quais você já está conectado no Facebook”, explicou a empresa em anúncio.

A rede social ressalta que na aba Feeds não há publicações sugeridas — isto é, posts de contas que você não segue. Contudo, essa seção contempla anúncios, portanto não dá para dizer que a seção será 100% ocupada por publicações de conhecidos.

Renovações do Facebook

Além dessa remodelagem da experiência do Facebook, a plataforma também pode estar com outras em preparação: ontem (20), virou notícia que a rede social de Mark Zuckerberg poderia deixar de lado (ou até abandonar totalmente) a guia dedicada para notícias e focar de vez em vídeos.

Continua após a publicidade

A mudança concordaria com o interesse da plataforma em acirrar a disputa com o TikTok e, naturalmente, em amenizar a crise vivida pela plataforma desde a chegada de redes sociais mais dinâmicas. Essa mudança ainda não foi confirmada por enquanto.