Microsoft Teams nativo no Windows 11 é o último prego no caixão do Skype

Microsoft Teams nativo no Windows 11 é o último prego no caixão do Skype

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 24 de Junho de 2021 às 19h10
Divulgação/Microsoft

Ontem, o Canaltech antecipou a possível remoção do Skype e de seus recursos integrados no novíssimo Windows 11. Agora, com o lançamento oficial, a Microsoft confirmou que o antigo programa de videoconferência está fora dos seus planos, dando lugar ao popular Teams.

O Microsoft Teams será totalmente integrado ao sistema, com novidades para facilitar a criação e participação em reuniões. O app ficará localizado em área de destaque no menu Iniciar e ainda poderá ser incorporado na barra de tarefas, com sons e notificações habilitadas. O Meet & Chat permite ao usuário acessar canais, conversas e videoconferências, a partir do botão na barra de tarefas.

Você terá todo conteúdo do Teams na área de trabalho (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Com apenas um clique, dá para começar uma conversa por texto, voz ou vídeo com qualquer um dos seus contatos, em qualquer lugar, mesmo se a outra pessoa estiver em uma versão mais antiga do Windows, no Android, no iOS ou até na versão web, via navegador. Segundo a companhia, quem não tiver o app do Teams instalado deve receber a mensagem como um SMS.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Essa é uma adição que lembra bastante o FaceTime, recurso da Apple, que também é integrado ao macOS e garante conversas entre pessoas usando sistemas distintos. Quem tem um notebook da Maçã, por exemplo, pode se conectar aos donos de iPhone, mesmo em versões mais antigas do iOS.

Expansão meteórica

Em razão da pandemia, o Teams obteve um crescimento espantoso em pouco mais de um ano — no mês de abril, por exemplo, contou com 145 milhões de usuários ativos. A aplicação era paga e voltada para o mercado corporativo, mas acabou tendo uma versão gratuita para o consumidor caseiro.

As notificações seguem o padrão moderno e limpo do sistema (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Nos últimos meses, os desenvolvedores trouxeram dezenas de recursos para o aplicativo de chat, no intuito de ajudar empresários, professores e pessoas comuns a se conectarem de forma eficaz. A apresentação de hoje deu bastante ênfase ao uso familiar do aplicativo, bem como sugeriu outros tipos de enfoque, como festas, confraternizações e outros empregos criativos.

Apesar de várias coisas já estarem rodando, a equipe do Teams ainda planeja trazer muitas novidades nos próximos meses. Se essa integração será positiva ou não só o lançamento dirá. O que dá para afirmar, com certeza, é que o última pá de cal foi jogada sobre o Skype. Agora, não tem mais volta mesmo: o Teams é o app oficial da Microsoft.

Você gostou da integração do aplicativo ao sistema? Acha o Teams um bom programa? Use o campo de comentários para compartilhar a sua experiência e expectativa para o novo Windows.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.