Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Microsoft Edge terá leitor de PDF da Adobe com funções avançadas

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 09 de Fevereiro de 2023 às 16h53

Link copiado!

Divulgação/Microsoft
Divulgação/Microsoft
Tudo sobre Microsoft

O Microsoft Edge vai substituir o visualizador de PDFs integrado por uma versão otimizada do Adobe Acrobat. A ideia é oferecer a leitura básica do formato via navegador, mas entregar alguns recursos avançados para quem estiver disposto a pagar pela assinatura da Adobe.

Segundo a Microsoft, a integração deve oferecer uma experiência de uso melhorada, como mais cores e visuais precisos, desempenho otimizado, ferramentas de acessibilidade e mais segurança. Estes recursos são básicos e não precisam ser adquiridos — embora os PDFs terão uma marca da Adobe no canto da página.

Continua após a publicidade

A versão paga oferecerá ferramenta de combinação de arquivos, edição de textos e imagens, além da conversão de páginas em PDFs. Para usar isso, além de ter o Edge instalado, será preciso criar uma conta na Adobe e fazer a assinatura do serviço — pode ser pelo próprio botão do "Editar com Acrobat".

O usuário em dúvida poderá ativar o plano premium para testar os recursos durante 30 dias. Quem já for assinante deverá apenas fazer login com a sua conta Adobe no Edge para usufruir da integração.

Leitor de PDFs da Adobe é bom para o Edge?

Será preciso testar essa integração para saber se realmente haverá algum tipo de ganhou para o usuário ou se será apenas uma isca para arrancar dinheiro das pessoas. O formato de PDF é muito usado na internet, mas pouca gente costuma editar esse tipo de arquivo no navegador. Pode ser uma mera estratégia de marketing das empresas, juntando duas gigantes para ambas serem beneficiadas.

A mudança será automática para as futuras atualizações do Edge, portanto deve começar a chegar já a partir do próximo mês. Como será apenas para o Edge no Windows, usuários do macOS não devem ser afetados agora — o Linux não foi mencionado, então pode seguir o mesmo caminho.

A integração da Adobe com a Microsoft não é novidade. As duas companhias já estão interligadas em aplicativos de produtividade, como o Teams, o Word e o PowerPoint, os quais permitem gerar PDFs diretamente pela ferramenta "Salvar como".

O Edge pode estar próximo de passar por uma grande revolução. Recursos recentes, como a interface em tela dividida, sugerem que a Microsoft pretende transformar o programa em algo único e inspirado nos conceitos do projeto Phoenix.