Google vai parar rastrear usuários em apps para se adequar às regras do iOS

Por Rubens Eishima | 28 de Janeiro de 2021 às 15h30
Rubens Eishima/Canaltech

O Google anunciou em seu blog uma série de mudanças em aplicativos e serviços para se adequar às regras de privacidade do iOS. A principal alteração é o desligamento do sistema que monitora os padrões de uso do usuário, usado para apresentar publicidade personalizada no celular.

A alteração acontece às vésperas da entrada em vigor dos novos recursos de privacidade do iOS. O sistema operacional da Apple irá apresentar uma notificação em apps que usam o sistema de rastreamento do smartphone, que obrigará o usuário a concordar ou não com a coleta de dados pelo aplicativo.

No lugar das propagandas altamente personalizadas em seus apps, o Google vai passar a exibir anúncios mais genéricos, sem poder acessar todo o histórico de uso do aparelho. A publicação da empresa sugere que ela preferiu oferecer anúncios menos eficientes a assustar os usuários com um alerta de coleta de dados.

Dias contados: Google prometeu fornecer os detalhes de privacidade (Imagem: reprodução/Apple)

A empresa se comprometeu ainda a incluir os novos selos de privacidade em seus apps oferecidos na App Store, sem anunciar um prazo para isso. Desde 8 de dezembro, a informação sobre a coleta de dados passou a ser obrigatória nos aplicativos enviados para atualização na App Store, o que a empresa evitou sem lançar novas versões deles desde a data.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.