CCleaner agora está disponível para download na Microsoft Store do Windows 11

CCleaner agora está disponível para download na Microsoft Store do Windows 11

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 10 de Janeiro de 2022 às 13h08
Reprodução/Piriform Software

O limpador de arquivos CCleaner chegou à Microsoft Store recentemente, flagrou o site Softpedia neste domingo (9). O software utilitário lançado em 2004 pela Piriform serve para varrer o armazenamento interno do computador, apagando arquivos temporários ou pastas que ocupam espaço sem necessidade, e otimizar o desempenho do computador em poucos cliques.

A recente adição ao catálogo ainda não aparece para todo mundo, mas PCs do Canaltech já puderam encontrá-la na Microsoft Store. Devido ao frescor da novidade, o programa acumula apenas cinco avaliações de usuários e já figura com 4,2 média de estrelas.

O Ccleaner está disponível para download na Microsoft Store e terá atualizações fornecidas diretamente pela Piriform (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

O CCleaner é um programa bastante popular para usuários de Windows, principalmente devido a sua praticidade e interface limpa. A função do app é melhorar o desempenho do computador de forma geral, dos navegadores presentes ao sistema em si, passando um pente fino sobre pastas e arquivos desnecessários ou redundantes.

A relação do CCleaner com a Microsoft, porém, nem sempre foi tão boa. Em 2020, o programa foi acusado de ser um “software potencialmente indesejado” (PUA) pelo Windows Defender — aviso de que, apesar de não se tratar de um malware, tem potencial de gerar desconforto nos usuários e encorajar a desinstalação.

Posteriormente, a questão foi resolvida e o Windows Defender parou de denunciar a presença do limpador. Aparentemente, considerando a presença do programa na loja, as diferenças entre o software e a marca foram resolvidas.

Microsoft Store mais forte do que nunca

A introdução do CCleaner à Microsoft Store é mais um passo para a transformação da loja num lar para todos os apps. Quanto mais programas de alto calibre estiverem presentes na plataforma nativa do Windows, mais fácil os usuários a utilizarão para baixar novos aplicativos.

Outra adição importantíssima foi o Firefox, incluído na loja em novembro do ano passado. A presença dele mostra que a Microsoft está disposta a encarar a distribuição de rivais na plataforma, mesmo que isso possa ajudar a concorrência a se sobrepor.

Existem uma série de "guias" e "tutoriais" para o CCleaner baixáveis na Microsoft Store, incluindo uma cópia paga chamada PCCleaner (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Loja lotada de cópias

Ainda assim, a Microsoft Store ainda sofre com um turbilhão de cópias e apps falsos no catálogo. Essa condição, além de piorar a qualidade da loja, tende a fazer o usuário comum desconfiar de aplicativos oficiais que estejam disponíveis lá.

O próprio CCleaner sofre desse mal, aliás. Pesquisar pelo programa na loja puxa o programa principal como primeiro resultado (quando disponível), mas o usuário desatento pode facilmente se perder na imensa lista de tutoriais e cópias disponíveis na loja, incluindo uma "versão paga" chamada PCCleaner, que conta até com o mesmo ícone, mas que não é relacionada com a Piriform de forma alguma.

Se estiver na dúvida sobre qual programa é real, é indispensável verificar. No caso do CCleaner, confira o autor — ele é "fornecido e atualizado por Piriform Software Ltd". São falsos quaisquer outros programas de nome parecido disponíveis na loja.

Fonte: Softpedia  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.