Android Oreo está presente em 5,7% dos aparelhos, atualiza Google

Por Wagner Wakka | 09 de Maio de 2018 às 18h24
Reprodução
Tudo sobre

Google

A Google atualizou a página para desenvolvedores Android e revelou a nova porcentagem de usuários que atualizaram seus aparelhos para o Oreo, as versões 8.0 e 8.1 do sistema. Atualmente, o sistema operacional está presente em apenas 5,7% dos aparelhos, aumento de pouco mais de 1% em relação ao mês passado.

Em abril, ela havia anunciado que o Oreo estava presente em apenas 4,6% dos aparelhos. A versão Nougat se mantém mais popular, com 31,1% dos usuários com aumento em relação ao mês passado (30,8%). Já o segundo sistema operacional mais usado, o Android Marshmallow caiu de 26% para 25,5%.

A lista segue com Lollipop em terceiro com 22,4%, Jelly Bean (4,3%), Ice Cream Sandwich (0,4%) e Gingerbread (0,3%). Os dados são referentes a medições realizadas até o dia 7 de maio.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Gráfico mstra predominância de Android Nougat (Foto: Google)

O estímulo para que usuários e empresas passem a atualizar o sistema operacional é um problema constante da Google. Nesta terça-feira, durante a Google I/O, evento da empresa para desenvolvedores, a Qualcomm anunciou parceria com a gigante para fazer com que a próxima versão do sistema operacional, o apelidado de Android P, chegue mais rapidamente ao aparelhos. Para isso, a Qualcomm está produzindo chips da linha Snapdragon já preparados para o novo Android e, assim, estimulando que fabricantes de smartphones possam aderir ao novo sistema mais rapidamente.

Em comparação, a Apple consegue atualizar os aparelhos utilizados de forma mais eficiente. Em nota, a empresa revelou que o mais recente sistema operacional, o iOS 11, já está em 76% dos dispositivos. Isso representa um crescimento de 11% em relação ao começo do ano. Apenas 19% ainda preferem usar o iOS 10 e outros 5% ficam com sistemas operacionais mais antigos.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.