Será este o ano dos hardwares da Apple? Veja o que esperar da WWDC 2018

Por Jessica Pinheiro | 04 de Junho de 2018 às 11h30
Tudo sobre

Apple

A Worldwide Developers Conference (WWDC) de 2018 acontece na próxima semana, a partir de 4 de junho, e os entusiastas da Apple já estão nadando em um mar de ansiedade; afinal, as expectativas sobre o que poderá acontecer são grandes. Esperam-se revelações de atualizações de softwares e apresentações de surpresas no segmento de hardwares — o que nem sempre acontece, mas, bem, é permitido sonhar.

Além do mais, para quem é desenvolvedor, a WWDC oferece uma chance de escutar ou vislumbrar as grandes tendências do mercado para o próximo ano, com as quais eles possivelmente estarão trabalhando em breve e, portanto, precisarão começar a se planejar o quanto antes.

Mas antes de mergulharmos no que possivelmente será apresentado neste ano, vamos voltar um pouco para 2017 e relembrar do que foi anunciado na edição passada do evento. Portanto, na última WWDC, tivemos o anúncio do HomePod, bem como o novo iPad Pro 12.9 e o iPad Pro 10.5. Além disso, foi nessa ocasião que a Apple revelou o iOS 11 e o watchOS 4.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

E aí, o que será que eles vão apresentar agora?

Conteúdo original

Não é de hoje que se fala sobre a Maçã produzindo e lançando conteúdo original para Apple TV e Apple Music. Por sinal, as notícias sobre o assunto apenas crescem, o que pode significar que os anúncios oficiais dessas produções ocorram na WWDC deste ano.

No ano passado, a companhia de Cupertino não se pronunciou sobre seus planos a respeito de uma programação televisiva. Ao invés disso, eles apenas anunciaram a chegada do Amazon Prime Video ao catálogo do Apple TV. A diferença desta vez é a questão dos conteúdos originais.

Na realidade, se considerarmos o Carpool Karaoke, então a Apple já se lançou, ainda que sutilmente, nesse mercado. Além disso, eles também investiram mais de US$ 1 bilhão em uma programação original (e ainda planejam gastar US$ 4,2 bilhões até 2022), o que corrobora para uma previsão lançamento datada em março de 2019.

Resta aguardarmos para saber que tipo de produções poderão arrecadar mais do que o valor investido. Até então sabe-se que a Maçã entrou em contato com Steven Spielberg e Bryan Fuller, bem como Jamie Erlicht e Zack Van Amburg (os roteiristas de Breaking Bad). Por fim, há ainda uma série animada em produção, a qual o site Deadline chamou de Central Park, alegando que existem astros poderosos de Hollywood no elenco.

iOS 12

(Imagem: cydiaplus.com)

Espera-se que a empresa de Cupertino apresente a próxima atualização de seu sistema operacional na WWDC 2018, bem como um aperitivo do que está por vir em outros de seus softwares. Mas primeiramente, vamos destrinchar o iOS 12 e ir um pouco além no que ele pode oferecer.

O próximo sistema deve apresentar um redesign em sua tela inicial e também ajustes em alguns de seus principais aplicativos, tais como o Mail, Câmera e Fotos. Todas essas melhorias devem ser feitas em favor de uma melhor estabilidade no funcionamento dos mesmos. Além disso espera-se que o iOS 12 foque em segurança e desempenho, em respostas a todos os problemas do gênero que aconteceram no iOS 11.

Rumores ainda apontam para a chegada de novos recursos também, como, por exemplo, mais aplicativos de realidade aumentada (AR) e softwares voltados à saúde do usuário. O controle parental também deve receber alguma atenção, já que um dos tópicos de maior discussão nos últimos tempos é o vício das crianças em smartphones.

Uma ampliação na compatibilidade dos aplicativos também poderia acontecer, e não é como se estivéssemos levantando a bola sem nenhuma base; afinal, já houve manifestação por parte de empresas terceiras em fazer isso acontecer. Além disso, os Animojis também podem aparecer em mais apps, como no FaceTime e no suposto iPad Pro deste ano.

Um upgrade na autocorreção do teclado da Apple também seria bem-vindo, bem como uma alteração na maneira como as notificações são mostradas, agrupando os ícones ao invés de manter a bagunça por ordem cronológica que permanece. Por fim, outra funcionalidade que facilitaria bastante a usabilidade dos dispositivos da Maçã seria alterar as configurações das câmeras diretamente pelo aplicativo da câmera, ao invés de se dirigir até o menu de configurações do aparelho para tal.

Claro que tudo não passa de especulação, uma vez que, como já citado, o iOS 12 deve se focar na segurança e no desempenho, e as funções mais interessantes, bem como as melhorias em detalhes de outros softwares, devem ficar para o iOS 13.

watchOS 5, macOS 10.14 e tvOS 12

Se tem algo que a WWDC sempre aposta em apresentar para o público são as atualizações para seus sistemas operacionais. Desta forma, é bastante esperado que a Maçã não se limite apenas ao iOS, e apresente novidades para as demais plataformas.

É bem possível também que Craig Federighi continue a surfar nas ondas da WWDC do último ano e, portanto, apresente não apenas o iOS 12, como também o macOS 10.14. Posteriormente, Kevin Lynch deverá guiar o público para o watchOS 5, e Eddie Cue lidará com o tvOS 12.

Vale lembrar que Apple Watch 3 foi lançado há pouco tempo, mas ainda não parece ser um wearable indispensável para o usuário que se preocupa com a saúde e bem-estar. É por isso que estamos apostando que o watchOS 5 chegará em breve, para atualizar alguns dos recursos do smartwatch e trazer, por exemplo, um aplicativo para acompanhamento do sono do proprietário.

iPhone X mais barato

Muito pouco provável, mas isso é mais capaz de acontecer do que o anúncio de um sucessor para o mais recente aparelho telefônico da Maçã. Além disso, o mês mágico da companhia de Cupertino no que diz respeito a produtos é setembro, então é provável que a WWDC seja focada nos sistemas operacionais e em novos recursos que funcionarão nos mesmos.

Por outro lado, rumores anteriormente divulgados sugerem que novos modelos de iPhone X chegarão ainda este ano: um com tela grande, de 6,46 polegadas, e outro com 5,85 polegadas — ambos ostentando um display OLED. Os produtos podem ainda oferecer uma versão sem o 3D Touch que utiliza tela LDC.

Por fim, é esperado já há algum tempo que a companhia derrube os preços de seus dispositivos móveis.

iPhone SE 2

As Special Edition do iPhone envelheceram graciosamente, por assim dizer. Contudo, em se tratando de tecnologia, isso não é exatamente algo bom. A boa notícia é que pode haver uma atualização do iPhone SE a caminho, uma vez que a Comissão Econômica da Eurásia revelou que registrou novos dispositivos com iOS 11 recentemente.

Com o histórico de vazamentos feitos pela agência em questão, divulgando produtos da Apple antes da hora; é possível que a WWDC seja o grande palco para o anúncio oficial de um SE 2.

E, mesmo que a Maçã decida contrariar todas as expectativas e mostrar um suposto iPhone X2, iPhone X2 Plus ou modelos mais baratos, é preciso considerar que nada disso deve chegar às lojas até setembro, pois seria arriscado que a empresa lançasse um sucessor do iPhone X assim tão cedo. Por isso, a aposta é que um novo iPhone SE seja anunciado.

Redesign do Mac Pro, novos MacBooks e Mac Mini

(Imagem: Hypebeast)

O Mac Pro redefinido está chegando, isso é certo, e a Apple faz questão de lembrar ao público que não apenas está trabalhando em um, como também está desenvolvendo um produto para a próxima geração, voltado para profissionais que precisam de um sistema de alto desempenho e alto rendimento, além de um design modular e atualizável, com Pro Display.

A espera foi longa, mas aparentemente esse é o momento que todos estavam esperando. Além disso, o novo Mac Pro também pode ser um dos primeiros computadores a virem com os novos coprocessadores personalizados da Apple, bem como um novo display de alto nível (8K talvez?) que a companhia está desenvolvendo para acompanhar a máquina.

Por fim, também existe espaço para que a empresa apresente novos e atualizados MacBooks, trazendo melhorias internas e um aumento na RAM máxima suportada. Os novos computadores dessa linha também podem oferecer suporte a aplicativos iOS no macOS, e espera-se que os preços se alinhem com o modelo atual que é oferecido no mercado, o que deve acontecer para abril de 2019. A Apple deve seguir algo parecido anunciando um MacBook Air também.

E o Mac Mini deve finalmente receber uma atualização, depois de três anos sem receber nenhuma novidade. Corroborando com essa expectativa, temos com Phil Schiller, vice-presidente sênior de marketing mundial da Apple. No ano passado, ele havia anunciado que o Mac Mini é um produto importante da Maçã, muito embora isso não signifique que haja uma atualização à vista. Será que é chegada a hora?

Novo iPad Pro

A terceira geração de iPad Pro também deve ser anunciada este ano, e é possível também que o próximo tablet da Apple não seja chamado de iPad Pro 3. Ainda assim, essa aposta parece bem pouco provável, uma vez que a última atualização para o dispositivo foi revelada em junho de 2017, e apenas um ano de vida útil parece inviável — nada impede que seu lançamento ocorra em 2018, só que fora da WWDC.

De toda forma, rumores sugerem que haverá variantes, e os usuários poderão escolher entre uma versão de 12,9 polegadas e 10,5 polegadas. Os dispositivos devem incluir Face ID, uma câmera TrueDepth e design possivelmente inspirado no iPhone X, sem molduras. Também foi sugerido que a Apple poderá tomar medidas para tornar o iPad Pro de 2018 em uma substituição para laptops mais eficiente do que as versões anteriores.

Vale relembrar que a Apple lançou este ano o iPad voltado para escolas, com 9,7 polegadas de tela e aplicativos educacionais que auxiliam aluno e professor. Agora, é esperado que os dispositivos de nível profissional recebam atualizações também.

APIs para desenvolvedores brincarem

SiriKit, HomeKit, HealthKit, GymKit, MusicKit, ResearchKit e CoreML são algumas das APIs que oferecem aos desenvolvedores novas maneiras de ajudar os usuários a controlar tudo, desde a sua saúde até a própria casa, ou ainda a maneira de se locomover, comprar e aprender. Vale lembrar que, no passado, a WWDC apresentou o ARKit e, desde então, os desenvolvedores desse gênero estão tentando agregar os diferentes aplicativos da App Store ao mundo da realidade aumentada. Considerando tudo isso, é possível que vejamos algumas invenções interessantes, que darão ao público um gostinho do que está por vir.

E você, o que espera ver na conferência para desenvolvedores da Apple? A WWDC 2018 começa na próxima segunda-feira, em 4 de junho, e vai até a sexta-feira, dia 8.

O Canaltech estará acompanhando o evento de pertinho e você poderá acompanhar, aqui no site, as principais novidades com a nossa cobertura do evento em tempo real.

Fonte: iMore, Tech Radar, MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.