Novos Macs, da Apple, podem vir com coprocessadores personalizados

Por Redação | 30 de Janeiro de 2018 às 08h55
Reprodução
Tudo sobre

Apple

De acordo com um relatório da Bloomberg News, a Apple pode estar desenvolvendo pelo menos três novos modelos de Macs integrados com coprocessadores personalizados, o que inclui notebooks atualizados e novos desktops. O relatório divulgado pelo veículo afirma que os modelos desta nova linha têm chances de serem lançados ainda este ano, mas não especifica exatamente quando.

O documento ainda foca na mudança que a Apple visa em relação a seus chips internos, reduzindo a dependência de empresas parcerias terceirizadas como a Qualcomm e a Imagination Tech.

Os coprocessadores personalizados, por sua vez, integrarão vários componentes previamente separados e sumariamente paralelos, tais como o controlador de gerenciamento de sistema, placa gráfica, controlador de áudio e controlador SSD.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Nova linha de notebooks

O MacBook, o MacBook Pro e o MacBook Air compõem o lineup de notebooks da Apple. Destes três, os dois primeiros são fortes candidatos a receberem uma atualização.

As especulações apontam para um upgrade nos novos modelos do MacBook Pro, que podem vir equipados com um chip atualizado, mais potente do que o T1 personalizado que alimenta os modelos lançados com Touch Bar.

Os MacBooks, por sua vez, não viriam com um coprocessador personalizado. Ainda sobre este modelo, outro rumor, desta vez divulgado pelo Digitimes – este, carecendo de fontes confiáveis em sua declaração –, afirma que a Apple lançará um novo MacBook de 13 polegadas na segunda metade deste ano. Não está claro se este suposto modelo seria um substituto para o MacBook Air, porém.

Desktops atualizados

Em contrapartida, o iMac Pro, Mac Pro e Mac Mini fazem parte da linha de desktops. Para os modelos atualizados, o novo iMac Pro, por exemplo, já estaria equipado com o chip T2 personalizado da Maçã, que garante maior segurança e integração, oferecendo novas capacidades de armazenamento criptografado e de inicialização segura.

A Apple já havia confirmado anteriormente que está trabalhando em um Mac Pro completamente remodelado e com construção modular, ainda sem data para ser lançado. Enquanto isso, espera-se que o Mac Mini receba um upgrade, já que o modelo não recebe uma atualização há mais de três anos.

Fonte: MacRumors, Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.