Já é possível verificar novamente se um PC é compatível com o Windows 11

Já é possível verificar novamente se um PC é compatível com o Windows 11

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 27 de Agosto de 2021 às 17h02
Reprodução/Microsoft

Hoje (27), a Microsoft anunciou que não vai mais impedir que computadores com processadores sem suporte rodem o Windows 11, mas essa não foi a única novidade do pacote: o programa Verificação de Integridade do PC está de volta, agora em período de testes, mas com diagnóstico bem mais preciso para o usuário.

O programa pode ser experimentado por usuários inscritos no programa Windows Insider e, desta vez, permite que o usuário saiba com exatidão o que impede o computador de baixar e instalar o Windows 11 pelo Windows Update.

Quando o sistema foi oficialmente apresentado, a MS também liberou o Verificação de Integridade do PC para que qualquer pessoa pudesse conferir se sua máquina era compatível com o novo SO. Porém, nem tudo saiu como esperado, já que o programa não era lá tão útil quando encontrava uma incompatibilidade: apesar de fazer o diagnóstico, o app era incapaz de revelar qual a causa exata da rejeição, deixando usuários na dúvida sobre o que fazer para mudar aquele estado.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O programa tem a mesma cara de antes, as as novidades estão em seu funcionamento (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

A Microsoft prometeu lançar uma correção do aplicativo na mesma semana — e alguns funcionários até disponibilizaram uma versão atualizada em seus perfis pessoais do Twitter. Mesmo após o ajuste, porém, os problemas persistiam em boa parte dos casos, e aí a gigante decidiu tirar o app do ar.

O diagnóstico mostra tanto o que deu errado, quanto o que deu certo na verificação de compatibilidade (Captura: Igor Almenara/Canaltech)

Diagnóstico está mais útil

Suponha que o seu computador tenha o tal módulo TPM 2.0 ativado, esteja com componentes modernos e seja bem parrudo em performance. Se o Secure Boot (ou “Inicialização segura”, em português) não estiver habilitado no BIOS, a máquina não estará pronta para atualizar. Antes, o Verificação de Integridade do PC apontava somente a incompatibilidade, sem nenhuma explicação, contudo, na versão recém-lançada, ele vai avisar exatamente qual é o problema e indicar uma solução.

Liberar o programa primeiro para membros do Windows Insider dá um tempo de folga para a Microsoft testar e recolher feedback dos usuários. No momento da apresentação do sistema operacional, não foi possível passar o app por uma bateria de testes pública, visto que o Win 11 era um segredo até o momento do anúncio — se o programa entrasse em testes antes, estragaria a surpresa.

Ao mesmo tempo, a Microsoft libera também adaptações do programa para rodar em SOs de 32-bit, processadores ARM e em máquinas que rodam o Windows 10 em modo S.

Como saber se um PC é compatível com o Windows 11

Para experimentar o programa, é necessário ser membro do Windows Insider. Se você já é um testador, é só baixar o programa na sua página oficial.

Por enquanto, o Windows 11 continua sem data de lançamento. A expectativa é que o sistema operacional seja lançado em outubro para computadores novos, enquanto o upgrade gratuito do Windows 10 seria distribuído somente em 2022.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.