Aprenda a fazer o Windows 10 parar de usar tantos dados da sua internet

Por Redação

Talvez a característica que mais difere o Windows 10 das outras versões do sistema operacional, é que ela foi feita para estar sempre conectada e sempre ter seus componentes atualizados. O problema é que o comportamento sempre alerta do sistema pode sugar muitos dados da sua internet.

Para resolver essa questão que pode gerar muita dor de cabeça, existem alguns métodos que você pode empregar no seu computador para restringir a quantidade de dados que o Windows 10 consome.

1 - Cheque a quantidade de dados que o Windows está utilizando

Windows 10

Antes de começar as modificações de sistema, você precisa saber quais são as aplicações que estão sugando mais dados. O Windows 10 inclui uma ferramenta chamada "Uso de Dados" que mostra exatamente o quanto de dados cada programa e aplicação do seu computador tem usado.

Para fazer a checagem, entre em Configurações > Rede e Internet > Uso de Dados. Você verá um gráfico mostrando o quanto de dados o Windows 10 tem usado nos últimos 30 dias, separados entre internet Wi-Fi e conexão Ethernet. Clique em detalhes de uso e você verá uma lista com os softwares e aplicações, assim como o uso respectivo de dados por cada um deles.

Windows 10

2 - Impeça atualizações via Windows Update

Sem que você precise inserir qualquer comando, o Windows 10 já baixa e instala atualizações recebidas via Windows Update, software de atualizações de sistema da Microsoft. Como a ideia do Windows 10 é que ele seja altamente conectado e atualizado, os updates de sistema são bem frequentes e, às vezes, ocorrem com arquivos bem grandes.

Felizmente, existem maneiras de impedir que o sistema faça atualizações automáticas, dependendo da edição do Windows 10 que você tem.

A primeira coisa que você tem a fazer é configurar a sua rede Wi-Fi como conexão limitada. Vá em Configurações > Redes e Internet > Wi-Fi. Desça a página e escolha "Opções Avançadas". Aqui, ative a opção "Definir como conexão limitada". A mudança só afetará a rede Wi-Fi que você esteja utilizando, ou seja, o Windows Update funcionará automaticamente quando você se conectar a outra rede Wi-Fi. Se você também quiser limitar o uso de dados na nova conexão, será necessário repetir todo o processo.

Windows 10

O lado bom é que toda vez que você se conectar a este Wi-Fi o Windows lembrará das configurações alteradas.

3 - Desabilite o compartilhamento de atualizações peer-to-peer

Geralmente, o Windows 10 utiliza sua conexão de internet para levar atualizações de sistema para outros computadores da sua rede que tenham o sistema operacional instalado. Essa configuração é automática, sem que o usuário saiba que ela ocorre.

Para mudar esse padrão, vá em Configurações > Atualizações e Segurança > Windows Update e clique em "Opções Avançadas". Selecione "Escolha como as atualizações são enviadas" e escolha a opção "PCs na minha rede local". Você também pode apenas desativar a opção.

Windows 10

4 - Impeça que atualizações de programas sejam feitas automaticamente

Se a sua conexão Wi-Fi já está configurada como limitada, o Windows 10 não irá instalar automaticamente nenhuma atualização de aplicativos ou pegar dados para os Live Tiles. Para que esse comportamento seja estendido para todas as suas redes, faça o procedimento a seguir.

Abra o aplicativo Store. Clique na sua foto de perfil e selecione "Configurações". Desative a opção "Atualizar apps automaticamente". Você ainda será capaz de atualizar a loja manualmente na janela da Store, mas o Windows não fará mais a atualização automática.

Embora as atualizações do Live Tile não sejam abusivas, você pode desativar os updates automáticos para eles também. Clique com o botão direito do mouse no Live Tile que você quer desativar e escolha a opção "Mais". Depois, é só desligar o Live Tile.

Windows 10

5 - Cortando gastos de dados nos navegadores

Se você quer cortar o nível de dados que seu navegador utiliza, a alternativa que você tem é começar a utilizar um browser que já venha com um recurso proxy para comprimir o conteúdo. Assim, as páginas que você acessar virão de servidores que já têm o gasto de dados comprimidos.

Existe uma extensão oficial do Google para comprimir dados no Google Chrome, e funciona da mesma forma tanto no navegador para desktop quanto para celular. O browser Opera também tem um "modo turbo" que funciona de maneira similar.

Depois de todos esses ajustes, é provável que você tenha reduzido até pela metade o gasto com dados de internet. Deste modo, você poderá redirecionar esses dados para outras aplicações, como jogatina online ou assistir um filme na Netflix. Em uma época em que as operadoras podem limitar a franquia de internet, todo cuidado é pouco, não?

Via How To Geek

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.