O que é uma imagem ISO?

Publieditorial
photo_camera Corbis

Quando você grava um CD ou DVD, há dentro dele diversos arquivos que o compõe. A imagem ISO, portanto, nada mais é do que o agrupamento de todos esses elementos – incluindo boots e atributos. Um arquivo desse tipo pode ser, por exemplo, copiado e gravado em um CD ou DVD, montado de forma virtual ou extraído para o disco rígido.

A grande vantagem da imagem ISO é poder ter acesso ao conteúdo de um CD ou DVD sem precisar de uma mídia física. Assim, é possível compartilhar software e até mesmo sistemas operacionais inteiros usando uma rede local ou a internet – afinal, hoje a grande maioria dos programas de gravação de disco suportam esse tipo de arquivo e é fácil criar um ambiente virtual para usá-lo. É útil também criar cópias ISO de suas mídias físicas como forma de backup.

Diferente dos arquivos .ZIP, a imagem ISO não é comprimível. Sendo assim, o tamanho do arquivo será exatamente aquele do CD ou DVD. As imagens ISO são usadas pelo sistema operacional Windows, sendo que o Mac OS X é compatível apenas com o formato CDR, que tem as mesmas funções e características do ISO.

Como criar e ler uma imagem ISO

Uma imagem ISO pode ser criada a partir de uma mídia física já existente ou com um grupo de arquivos do computador. Para ambos os casos, você precisará de ferramentas como o Free DVD ISO Burner e o Free ISO Creator, ambos gratuitos.

Já para acessar esse tipo de arquivo sem precisar queimar um CD ou DVD, há programas que criam um emulador virtual para a imagem ISO. Uma boa dica para isso é usar o software gratuito Virtual CloneDriver.

Leia também: Como emular um drive de CD ou DVD

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.