Marcopolo interrompe fabricação de ônibus no Brasil; por quê?

Marcopolo interrompe fabricação de ônibus no Brasil; por quê?

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 11 de Agosto de 2021 às 12h10
Divulgação/Marcopolo

A crise dos semicondutores também atingiu o mercado de ônibus no Brasil. A Marcopolo, maior player do segmento no país e no continente, anunciou que irá interromper a fabricação das carrocerias até que o fornecimento dos componentes seja normalizado. A decisão irá impactar todas as suas fábricas, localizadas no Rio Grande do Sul e no Espírito Santo.

A fabricante já avisou seus funcionários alocados em todas as plantas que entrarão em férias coletivas no período de paralisação. Para o pessoal do sul, os trabalhos serão suspensos imediatamente, com retorno marcado para o dia 13 de setembro, enquanto os trabalhadores de San Marino/ES podem ficar em casa a partir de 23 de agosto, voltando em 22 de setembro.

Além da Marcopolo, outras grandes fabricantes de ônibus presentes no Brasil também foram afetadas pela falta de semicondutores, casos de Volvo e Scania. O setor emprega milhares de pessoas no país e é vital para o transporte de passageiros e de carga em todo o território nacional. No caso da empresa brasileira, sua participação de mercado é de mais de 50%.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Divulgação/Marcopolo)

Com o anúncio de sua paralisação, a Marcopolo se junta a outras montadoras pelo Brasil que também estão com suas produções afetadas, como a Renault, Volkswagen, General Motors e Hyundai.

Lançamento mais recente

Mesmo com a dificuldade de fabricação, a Marcopolo lançou um novo modelo de ônibus recentemente. Trata-se do Geração 8, que tem como foco o transporte de passageiros em diferentes níveis de rota. Seus diferenciais são um novo interior, que está mais confortável; o conjunto óptico em LED e um funcionamento menos poluente.

Fonte: Automotive Business, Notícias Automotivas

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.