Xiaomi já iniciou pesquisas com a rede 6G, garante executivo

Por Diego Sousa | 27 de Maio de 2020 às 11h25
Reprodução/Gizchina
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

Após o lançamento da linha Redmi 10X na China como os celulares 5G mais baratos do mercado, o presidente da Xiaomi, Lei Jun, afirmou à imprensa chinesa que a marca já iniciou o desenvolvimento do 6G e pretende acabar com a produção de celulares 4G até o final de 2020.

Sem dar mais detalhes, o executivo afirmou que a Xiaomi começou a fazer pesquisas preliminares sobre a próxima geração de redes móveis. A chinesa não é a única fabricante que já se adiantou no desenvolvimento da nova tecnologia — Samsung e Huawei estão trabalhando no 6G desde 2019.

Redmi 10X e 10X Pro são os modelos 5G mais baratos do mercado chinês (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Lei Jun também comentou sobre a parceria com o governo chinês na construção de um sistema de alerta a desastres naturais — algo comum no país —, além da adição de internet via satélite na China para cooperar com dispositivos inteligentes. "Não basta ter estações base e satélites sozinhos, é preciso ter suporte terminal, por isso temos muitas pesquisas preliminares a esse respeito", comenta.

5G é o foco

Sem esquecer do 5G, o executivo reforçou que, apesar de a pandemia do novo coronavírus ter atrapalhado a produção de mais dispositivos 5G, a empresa tem planos de acabar com a produção de celulares 4G para focar na atual geração da rede móvel — pelo menos na China.

O segmento de condução autônoma será bastante beneficiado pelo 5G, diz a Qualcomm (Foto: Divulgação/Qualcomm)

Para ele, a tecnologia 5G revolucionará a indústria com três aplicações: primeiro, a videoconferência em alta definição 4K e 8K será rapidamente popularizada pelo 5G; segundo, a alta largura de banda e a baixa latência promoverão o rápido desenvolvimento de jogos na nuvem; e terceiro, reforço na implementação da condução autônoma de veículos.

Fonte: Xinhuanet (chinês) via Gizchina    

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.