TIM e Claro devem lançar 5G em Brasília na semana que vem

TIM e Claro devem lançar 5G em Brasília na semana que vem

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 29 de Junho de 2022 às 22h20
Divulgação/twenty20photos/Envato

A TIM e a Claro se preparam para lançar o 5G "puro" (standalone) na faixa de 3,5 GHz em Brasília na semana que vem. A TIM definiu data: na próxima terça-feira, 5 de julho. Já a Claro marcou um evento nesta quinta-feira (30) para anunciar detalhes do lançamento na capital federal.

O presidente da TIM, Alberto Griselli, participou do Painel Telebrasil 2022 nesta quarta (29) — ele também preside a entidade, que é um sindicato patronal das empresas de telefonia. O executivo disse que a estreia do 5G de Brasília ocorreria "nos próximos dias", mas a mensagem no telão da apresentação trazia a data prevista, quando também acontecerá uma convenção anual da operadora.

Segundo o Teletime, Griselli prometeu um "pacotinho 5G para os clientes consumidores brincarem com a velocidade a mais". A cobertura em Brasília deveria ter cerca de 30 novas antenas para transmitir a faixa de 3,5 GHz nos requisitos mínimos do leilão do 5G, mas a operadora diz que começará com 100 estações "para o 5G ser relevante de imediato, acima do relevante migratório, e dando oportunidade para o cliente migrar e ter o serviço de fato disponível."

Já a Claro, após confirmar o evento sobre o lançamento 5G em Brasília, brincou: "Ouvi dizer que vamos lançar com 120 antenas", disse José Félix, presidente da empresa no Brasil. O executivo disse que a operadora apostou bastante na faixa de 2,3 GHz (5G "não puro"), que começa a ser ativada em Brasília. "Pagamos bem, além do que eu gostaria. Porque lá para 2025, não vai ter espectro suficiente. Em algumas áreas de São Paulo, por exemplo, vai faltar."

Há uma expectativa da Claro de que o 5G continuará demandando banda, mesmo com a prática do refarming, isto é, usar frequências que antes eram destinados aos serviços de voz. Mesmo assim, Félix diz que não espera suprir essa necessidade usando toda a faixa de 26 GHz, da qual adquiriu dois lotes.

Fonte: Teletime

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.