Agência de inteligência alemã é contrária à criação de rede 5G com a Huawei

Por Se Hyeon Oh | 15 de Março de 2019 às 22h20
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

As recentes acusações que a Huawei vem enfrentando colocara em xeque a confiabilidade da empresa quanto aos seus produtos e serviços. Sendo um dos principais nomes à vanguarda da tecnologia 5G no mundo, há países receosos quanto ao uso de dispositivos da empresa em seus territórios — e este é o caso da Alemanha.

O país europeu está de olho nos desdobramentos da novela da chinesa, mas, pelo visto, acaba de ganhar um argumento que pode corroborar para a expulsão da marca na região. Isso porque a BND, a agência de inteligência alemã, afirmou que a Huawei não seria um parceiro que trouxesse confiança e que ela não deveria fazer parte da implantação da rede 5G por lá. A agência afirma que baseou os seus argumentos nos incidentes de segurança que ocorreram no passado, pelos quais a empresa foi acusada de roubar dados.

Obviamente, os EUA, que são os maiores críticos da chinesa, estão pressionando o país europeu para que não utilize os equipamentos produzidos pela Huawei, uma vez que, estando ela sendo acusada de construir backdoors em seus hardwares, um eventual estabelecimento da rede 5G poderia comprometer o compartilhamento de informações entre os dois países.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Vale notar que, em poucos dias, o órgão regulador de telecomunicações na Alemanha, BnetzA, começará a licitar bandas de 5G, onde grandes operadoras como Drillisch Netz, Telefônica, Deutsche Telekom (da T-Mobile) e Vodafone estarão participando do leilão. Contudo, a demora na definição do fornecedor dos equipamentos de 5G pode acabar causando um atraso nesse processo.

Fonte: GSM Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.