TIM afirma em novo relatório que não derruba sinal nem ligações de propósito

Por Redação | 12.11.2012 às 15:29

A operadora de telefonia móvel TIM publicou nesta segunda-feira (12) o resultado de uma análise conduzida pela própria empresa sobre a queda de sinal e de ligações, após ser acusada pelos órgãos brasileiros de derrubar propositalmente as ligações dos seus clientes.

Em agosto, um relatório da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) afirmava que a empresa derrubava as ligações dos clientes do plano Infinity, que cobra pelo número de chamadas efetuadas e não pelo tempo da conversa. A instabilidade registrada pela avaliação da agência reguladora foi de 24%, enquanto o estudo conduzido pela Ericsson registrou queda de 2,09%, número próximo ao fornecido pela própria TIM na época, de 2,04% de instabilidade em sua rede.

Fachada loja TIM

A TIM enviou uma nota à imprensa afirmando que seu estudo foi concluído recentemente e enviado à Anatel como "contribuição para o trabalho que a agência está realizando no sentido de esclarecimento da questão".

A PriceWaterHouseCoopers também contribuiu para o resultado obtido pela operadora, afirmando em comunicado que "as conclusões ratificam a afirmação feita pela companhia em comunicado anterior, negando qualquer prática ilícita ou qualquer manobra que ferisse a transparência no relacionamento com seus clientes".