Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review AGON AGK600 | Teclado mecânico 60% com switches CherryMX

Por| Editado por Jones Oliveira | 03 de Janeiro de 2024 às 19h30

Link copiado!

Review AGON AGK600 | Teclado mecânico 60% com switches CherryMX
Review AGON AGK600 | Teclado mecânico 60% com switches CherryMX

Já faz alguns anos que a AOC resolveu investir no mercado brasileiro com sua própria linha de periféricos gamer. Entre erros e acertos, a divisão AGON vem conseguindo um resultado bem interessante ao oferecer um portfólio de produtos de qualidade, mas que ainda precisam de um empurrão para se destacar. O AGON AKG600, novo teclado mecânico 60% da AOC, está justamente nessa posição.

O AGK600 é um teclado mecânico com switches do tipo CherryMX hot-swappable, teclas duráveis e um sistema de iluminação legal. Mesmo com muitos pontos positivos, parece que falta alguma coisa nesse aparelho. Eu usei o AGON AGK600 por mais de um mês como o meu teclado principal e conto toda a experiência nos próximos parágrafos.

Continua após a publicidade

Design

Focando na portabilidade, o AKG600 da AGON resolveu ser o mais enxuto possível. O design 60% abandona o numpad, diversas teclas de função e claro, as setinhas de navegação. Com menos de 30 centímetros de comprimento e pouco mais de 10 centímetros de largura, o teclado faz parecer que ele nem está ali. Essa é uma vantagem boa para os jogadores competitivos que podem deixar as mãos mais próximas enquanto jogam. 

Isso condiciona o visual do produto, apostando em uma pegada bem simples e sem exageros estéticos. A parte traseira é uma grande chapa de plástico que forma uma cama para acomodar as teclas sob um frame branco, ideal para refletir a iluminação.

Continua após a publicidade

Por falar na iluminação, certamente ele é RGB e com muita personalização envolvida. As cores são vivas e dinâmicas, mas eu sinto que poderiam ser um pouco mais fortes. Isso não chega a ser um problema, mas em um mundo de hardware onde a luz é o ponto que mais chama a atenção, quanto mais intensa ela for, melhor.

O resultado ainda é bem positivo nessa questão, porém eu sinto que certas keycaps são um pouco apagadas. A gravação das letras e símbolos é boa, mas dentro da parte transparente de certas teclas, parece haver pontos pretos que impedem a passagem total da luz. Eu não sei até que ponto isso é uma falha de design pontual no modelo que recebi, ou um problema geral. Isso não é, necessariamente, um problemão, mas sim um incômodo para olhos detalhistas como o meu. 

Construção

Continua após a publicidade

O que me surpreendeu e é um ponto de destaque e elogios para a AOC é a construção. Acredito que quase 100% do periférico seja feito de plástico, tanto na camada traseira, quanto nas teclas, a base, o frame, etc. Isso não é um demérito, principalmente quando uma marca consegue usar um material barato a seu favor.

Nesse teclado, isso se converte nas keycaps. As teclas têm tecnologia double-shot injection, que não são novidade no mercado, mas se destacam por serem feitas de plástico PTB. O plástico PTB é menos comum em teclados, mas conta com maior durabilidade e um feedbkack texturizado mais agradável. Por ser de melhor qualidade, ele possui essa longevidade garantida e evita que as keycaps fiquem com aquele visual sujo de suor ou gordura com o passar do tempo.

As keycaps têm um tamanho padrão e um formato de corte de cima para baixo, que se adequa bem aos dedos. Aliás, a AOC manda um coletor de teclas e switch na caixa, mas ele não funciona muito bem nas keycaps. É um formato esquisito que funciona bem para remover os switches, mas eu preferi usar a minha própria chavinha para retirar cada tecla.

Continua após a publicidade

Para personalização, a fabricante ainda manda a tecla AGON, feita em metal e com visual vermelho e o símbolo da marca. Você pode substituir qualquer tecla por esse modelo personalizado e é uma adição bem divertida para customizar o AGK600.

Recursos

O AGON AGK600 é um teclado com cabo USB Tipo-C destacável, ou seja, podemos retirar o cabo para guardar o teclado e levar na mochila ou simplesmente para deixar a mesa livre de fios quando não estiver usado. Esse é outro acerto legal da AOC, mas nos meus testes nem todo cabo Tipo-C encaixou no periférico, então é bom não perder o que vem na caixa.

Continua após a publicidade

Sobre o cabo, ele tem conectores banhados a ouro para dar mais durabilidade e o revestimento é do tipo paracord, que não embola com muita facilidade e parece ser de boa qualidade. O tamanho de 1,8 metros é competente e em nenhum momento precisei ficar puxando fio, mas bem que a fabricante poderia ter arredondado logo para os 2 metros.

O que vem na caixa do AGON AGK600?

  • Teclado AGK600
  • Tecla AGON especial
  • Cabo USB Tipo-C
  • Chave coletora de teclas
Continua após a publicidade

Usabilidade

A respeito do uso geral, o AGK600 é um teclado mecânico 60% bem confortável de usar no cotidiano. Ele não é alto nem baixo demais e, para mim, não causou dores ou problemas nas mãos após longos períodos jogando, por exemplo.

A parte traseira tem quatro pés emborrachados que o deixa em uma angulação de 5°. Porém, é possível destacar um pezinho de plástico para aumentar a angulo em 9,5°, ou até mesmo usar um terceiro pezinho e elevar para 14°. 

Switches CherryMX

Continua após a publicidade

Literalmente, a cereja do bolo do AGON AGK600 são seus switches do tipo CherryMX Red. De modo simples, a Cherry é uma das mais conceituadas marcas da indústria e os switches desse teclado não dão espaço para críticas. Os switches do AGK600 são muito, muito bons. 

Fora isso, esse teclado mecânico também é hot-swappable. Isso significa que é possível retirar os switches e colocar outros com muita facilidade - embora eu realmente não veja muito sentido nesse caso.

Experiência de uso

Continua após a publicidade

Usar o AGON AGK600 é uma experiência agradável. Do que eu testei de teclados mecânicos recentemente, principalmente os compactos, esse teclado proporciona bom uso para digitação e jogos.

O switch CherryMX Red é do tipo linear, sem saltos ou feedback tátil em seu acionamento e tem um barulho agradável na hora de digitar. Isso é uma boa notícia para quem procura um teclado versátil, pois ele funciona bem para escrever longos textos e para jogar por bastante tempo. O tempo de resposta nos jogos é baixo, melhorando a execução dos comandos, mas nada a ponto de haver muito miss click. Na digitação, leva algum tempo até você entender os atalhos para acentos e certas pontuações, mas é tudo uma questão de prática. 

Para quem se preocupa com a falta de macros, não há para onde fugir, já que esse é um sacrifício dos teclados compactos. As teclas multimídia e setinhas de navegação estão presentes, sobrepostas por outras teclas e podem ser ativadas pelo atalho FN + tecla desejada. Inclusive, é bom notar que o AGON AGK600 é um teclado com layout americano, ou seja, sem o padrão ABNT2 - bola fora para a AOC.

Continua após a publicidade

Software

O AGON AGK600 é gerenciado pelo G-MENU, o software proprietário da marca AGON que serve como um HUB para todos os dispositivos com esse selo. Nele é possível mudar configurações de iluminação, mapeamento de teclas, sensibilidade, sincronização de cores e salvar diferentes perfis de uso.

O software funciona quando ele quer. Nem sempre o teclado foi reconhecido e ao aplicar funções de sincronizar as cores com outros periféricos, os perfis não eram salvos corretamente. Infelizmente, essa não é a primeira vez que o G-MENU é instável durante meu uso.

Continua após a publicidade

Concorrentes diretos

São poucos os teclados mecânicos 60% com switches CherryMX disponíveis no Brasil. Um bom competidor é o HyperX Origins Alloy 60, também no formato compacto, com teclas PTB, construção em alumínio e switches red. O preço é um pouco mais alto, na casa dos R$ 500, enquanto o AGK600 fica mais próximo dos R$ 400, mas pode ser encontrado por R$ 350 em alguns momentos - isso se você achar para vender.

🛒Compre o HyperX Origins Allow 60 em promoção na Kabum!

🛒Compre o HyperX Origins Allow 60 em promoção na Kabum!

Vale a pena comprar o AGON AGK600?

O AGON AKG600 é um bom teclado mecânico 60% e me surpreendeu muito durante mais de um mês de uso. Embora tenha alguns probleminhas, o produto cumpre bem o seu propósito e não decepciona.

O AGON AKG600 vale a pena para quem quer um teclado mecânico 60% compacto com bons switches CherryMX Red para jogar e trabalhar, desde que você se acostume com o layout reduzido. No entanto, o AGON AGK600 não vale a pena para quem não gosta de teclados pequenos, sem todos os atalhos multimídia, macros ou as setinhas de navegação.

No entanto, o grande problema do AGK600 é a baixa disponibilidade. Somente uma loja ou outra vende esse teclado, que na maioria das vezes está sem estoque nas principais varejistas do país. Embora seja um bom periférico, que ficaria no meu setup pessoal, é difícil recomendar um produto que não tem seis meses de lançamento e não é encontrado facilmente para comprar.

🛒Compre o AGON AKG600 no Mercado Livre

🛒Confira ofertas do AGON AGK600 na Kabum!