Startup oferece 10 mil bolsas de estudo gratuitas para profissionais de TI

Startup oferece 10 mil bolsas de estudo gratuitas para profissionais de TI

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 07 de Outubro de 2021 às 16h20
Divulgação/Take Blip

A startup mineira Take Blip, que gerencia uma plataforma de comércio conversacional (vendas por chats e redes sociais), abriu inscrições para 10 mil bolsas de estudo gratuitas para formar desenvolvedores. O prazo encerra no dia 17 deste mês e o cadastro pode ser feito pelo programa Órbi Academy Techboost, programa do hub de inovação Órbi Conecta.

O novo programa tem o objetivo de aprimorar programadores de nível júnior ou que estão iniciando na carreira em tecnologia. O curso vai abordar as tecnologias .Net, C#, JavaScript e React, em mais de 90 horas de aula, que devem ser concluídas em até 75 dias após a inscrição.

Haverá acesso a cursos, desafios de códigos e projetos práticos de desenvolvimento. O programa contará ainda com mentorias com profissionais experientes da Take Blip. Os participantes que completarem o curso terão chances de contratação na startup, que além de atuar em sua cidade natal, Belo Horizonte, tem um escritório em São Paulo, na incubadora Cubo Itaú.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Daniel Costa, cofundador e diretor de gente e gestão da Take Blip (Imagem: Divulgação/Take Blip)

O Órbi Academy Techboost foi criado para promover a formação de desenvolvedores, preparar os profissionais para trabalhar em empresas parceiras do hub e suprir a necessidade de pessoal qualificado no mercado de TI. Em abril o Órbi Conecta organizou a primeira edição do treinamento Take Blip Fullstack Developer, onde disponibilizou 10 mil bolsas e atingiu mais de 11 mil inscrições.

"O mercado de tecnologia está mais aquecido do que nunca, porém vive um gap de profissionais com mais vagas de TI abertas do que candidatos para ocupá-las. Vamos atuar fortemente como formadores de profissionais, trazendo benefícios para os participantes do programa e outras empresas de tecnologia”, afirma Daniel Costa, cofundador e diretor de gente e gestão da Take Blip.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.