Photoshop e Illustrator: qual a diferença e quando usar cada um?

Photoshop e Illustrator: qual a diferença e quando usar cada um?

Por Wagner Wakka | 19 de Agosto de 2020 às 15h00
Wagner Wakka/Canaltech

O Photoshop e o Illustrator, colocados lado a lado parecem prometer as mesmas funções. Contudo, eles foram criados de formas diferentes, por isso, sendo ferramentas bastante distintas.

A principal distinção entre eles está na unidade de apresentação. Enquanto o Photoshop foi criado para trabalhar com pixels, o Illustrator é todo baseado em vetores. Qual a diferença entre eles?

De forma simples, o pixel é a representação de um ponto quadrado, cujo conjunto forma uma imagem. Como uma foto que você monta com vários pontinhos, quanto mais pixels, mais definição a imagem tem. Já o vetor é baseado no cálculo matemático da posição de cada cor na tela.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Na prática, isso significa que o pixel é menos maleável que o vetor. Como no exemplo abaixo, se você tem uma foto rasterizada (com pixels), ao aumentar os “pontinhos” também ficam maiores perdendo a definição.

Diferenças entre vetor e rasterização (Foto; Wagner Wakka/Canaltech)

Por outro lado, se você fizer o mesmo com uma imagem vetorizada, isso não acontece, pois os cálculos se adaptam ao tamanho do objeto.

Quando usar Illustrator? 

A instrução tem um objetivo muito simples, explicar para o quê serve cada um dos programas. O Photoshop é uma ferramenta mais generalista, mais voltada para edição de fotos. Já o Illustrator é recomendado para criação de imagens, logos, gráficos e infográficos.

Pense assim: se você precisa editar e recortar uma foto, ou até montar um slide e textos mais simples, pode usar o Photoshop, pois ele vai prover as ferramentas necessárias para isso.

Contudo, para criação de logos, gráficos e pintura, vá com o Illustrator. Pelo fato de ele manter todas as camadas e textos vetorizados, isso facilita para modificações pontuais. Se você já trabalhou como designer, sabe que sempre chegam aquelas mudanças de última hora, que serão muito mais fáceis se você tiver tudo vetorizado.

Por conta disso, também, o Illustrator traz mais ferramentas para ajudar na simetria e compatibilidade com canetas que podem ser usadas em tablets de desenho.

É possível baixar o Illustrator gratuitamente por 30 dias e depois assinar o serviço por R$ 90 por mês. Ficou interessado? Então clique no link abaixo para fazer o download da ferramenta.

Quando usar o Photoshop? 

Se o IIlustrator é uma ferramenta mais ampla e com mais definição, por que, então usar o Photoshop? A resposta é simples: ele é mais leve que seu irmão vetorial.

O programa trabalha com pixels exatamente para permitir mudanças em uma imagem já feita. Por isso, colocar sombras, produzir efeitos e fazer modificações nele pode ser mais fácil para quem não tem uma máquina potente. A vetorização exige do seu computador cálculo, o que pode fazer a imagem ficar muito pesada a depender do tamanho.

Ainda, se você for trabalhar com mais de um projeto por vez, o Photoshop permite mais fluidez que o Illustrator, o qual pode fechar por conta da demanda.

Em resumo: se for trabalhar com fotos, slides e edições de outros trabalhos, opte pelo Photoshop. Caso vá criar uma arte do zero, produzindo logo, ilustrando, sem ter por base um desenho já pronto, vá de Illustrator que você terá mais ferramentas.

É possível baixar o Photoshop gratuitamente em caráter de teste por 30 dias, sendo que a assinatura para pessoas físicas é de R$ 43 por mês. Se estiver interessado, clique no link abaixo para fazer o download do programa.

Você pode conferir todos os planos da Adobe para os brasileiros no site oficial da empresa.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.