Quais são os principais programas da Adobe?

Por Wagner Wakka | 14 de Agosto de 2020 às 20h00
Adobe
Tudo sobre

Adobe

Saiba tudo sobre Adobe

Ver mais

Se você estiver interessado em começar a produzir conteúdo na internet, mas não tem assim muito conhecimento de quais ferramentas usar, é bem possível que encontre uma boa opção dentro do pacote Creative Cloud da Adobe.

Assim como a Microsoft fez com o Windows 10, a Adobe transformou os seus aplicativos em serviços. Ou seja, você não precisa baixar uma nova versão sempre, mas apenas atualizações para os modelos existentes.

Por isso, ela usa o nome Creative Cloud, que usa ferramentas de nuvem, como espaço para armazenamento e acesso compartilhado, para unificar seus programas em um sistema de app como serviço.

O pacote todo conta com mais de 20 programas e, é obvio, não vamos falar sobre todos eles por aqui. A ideia é esmiuçar os principais deles tendo em vista diferentes propostas, como edição de áudio e vídeo, fotografia ilustração, design e redes sociais.

Fotografia

Programas de edição também funcionam em tablets (Foto: Reprodução/Adobe)

Comecemos pelo que a Adobe faz de melhor e com mais tempo de casa, apresentando programas como o conhecido Photoshop e o Lightroom.

Photoshop

Este é um dos principais programas da Adobe, voltado para edição de imagens (ou seja, fotos e artes estáticas, nada de vídeo). O programa traz desde ferramentas básicas como recorte, redimensionamento, mudança de cor, ajuste de tons; até recursos mais complexos como tipografias e até recursos 3D.

Ele é recomendado para quem trabalha com edições de fotos, montagens de slides e artes profissionais, podendo ser usado também para pintura, diagramação e ilustração. Contudo, olhe para o Photoshop como um app mais generalista, o qual vai oferecer uma série de ferramentas sem ser muito específico em nenhuma delas.

É possível baixar o Photoshop gratuitamente em caráter de teste por 30 dias, sendo que a assinatura para pessoas físicas é de R$ 90 por mês.

Lightroom

Se você olhar para a cara do Lightroom, vai identificar muitas semelhanças com o Photoshop. Isso porque eles compartilham muitas ferramentas. O Lightroom é o app específico para edição de fotos profissionalmente, com uma série de atalhos e recursos automatizados para ajudar a melhoras as imagens.

A diferença aqui é que ele facilita, e muito, quando você tem várias dezenas de fotos para arrumar de uma só vez, dando muito mais agilidade para o trabalho que o Photoshop.

Ainda, o Lightroom traz recursos mais específicos e profundos para ajustes que o seu irmão mais generalista não oferece. O Lightroom pode ser baixado gratuitamente em caráter de testes por 30 dias e custa R$ 43 por mês.

Pacote mais barato com Photoshop e Lightroom

Para baratear os custos, a Adobe criou um pacote que inclui tanto o Photoshop quanto o Lightroom, além de 20 GB de armazenamento em nuvem para você guardar seus projetos com segurança. Quem optar por essa opção paga apenas R$ 43 por mês.

Edição de áudio e vídeo

Para edição de vídeo por ser interessante trabalhar em duas telas (Foto: Reprodução/Adobe)

Para quem também está buscando fazer vídeos para a internet, o pacote do Creative Cloud também oferecer, ao menos quatro programas indispensáveis a se conhecer. Vamos a eles:

Premiere Pro e Rush

O Premiere é um dos principais programas de edição de vídeo que existem, oferecendo recursos de recorte, ajustes de luz, iluminação, além de ferramentas de som. Assim como o Photoshop é a versão mais generalista para fotos, o Premiere também é o que agrega o maior número de ferramentas para vídeo.

Por isso, é possível com ele editar som, criar vinhetas, fazer gráficos móveis e mais. Entretanto, se você utilizar outras ferramentas a seguir pode ter um resultado mais profissional e rápido que usar o Premiere. A quem está começando, este é o programa ideia para conhecer todos os recursos que também serão replicados em outros usados para vídeos.

O Premiere conta com a versão Pro, voltada para quem já é profissional da área e a Rush, a quem tem um computador menos potente e necessita de menos recursos.

O usuário pode baixar o Premiere de graça em caráter de testes por 30 dias, sendo que assinatura custa R$ 90 na versão Pro e R$ 43 na versão Rush. A dica é: comece pela Rush e, caso você sinta que está precisando de mais, faça o upgrade para a Pro.

After Effects

O After Effects é um programa específico para criação de efeitos e os chamados “motion designs”. O termo é relativo a todas as animações de um vídeo, como vinheta, geradores de carácteres, gráficos, legendas. Ou seja, se tem imagem movendo, é com o After Effects.

A maioria das ferramentas que você tem aqui também estão no Premiere. Contudo, se você for tentar fazer uma vinheta com o After Effects, será bem mais fácil e rápido, já que ele conta com alguns presets para isso. No caso de efeitos, como fogo e luzes na tela, também vai precisar deste programa para ter um resultado profissional.

O usuário pode baixar o After Effects de graça em caráter de testes por 30 dias, sendo preciso a assinatura de R$ 90 por mês para usá-lo.

Audition

Este é o programa da Adobe específico para edição de áudio. O Audition conta com ferramentas de corte, ajuste de trilha, filtros de ruído, correção de tom e mais para edição sonora, como é o caso de podcasts.

Ele já conta com alguns recursos de predefinição de finalização, sendo usado por grande parte das pessoas que editam som profissionalmente.

Também se pode baixar o Audition de graça em caráter de testes por 30 dias, sendo necessária assinatura de R$ 90 por mês para usar o app.

Design e Ilustração

Programas específicos ajudam na produção do zero (Foto: Divulgação/Adobe)

Já para quem está pensando em trabalhar com criação de logos e imagens do zero (não edição), dois programas podem ser essenciais da família Adobe:

Illustrator

Este é o principal programa para quem pretende criar imagens do zero. Novamente, é possível fazer logos e criar quadrinhos, por exemplo, usando o Photoshop, mas o Illustrator é a ferramenta mais específica para isso.

A plataforma conta com uma série de recursos já adaptados também a tablets de desenho, o que facilita na criação e ajuste de logos, gráficos e desenhos digitais.

O Illustrator pode ser baixado de graça em versão de testes por 30 dias, mas a versão definitiva custa R$ 90 por mês.

InDesign

Este é um programa específico para criação de gráficos e montagem de paginação e diagramação. Para quem está buscando organizar texto e foto ao mesmo tempo, em panfletos, livros, jornais e revistas, este pode ser um programa ideal para isso.

Ele também conta com teste gratuito por 30 dias, cuja assinatura custa R$ 90 por mês.

Redes sociais

Existem programas que podem ajudar a editar fotos e pequenos vídeos para redes sociais (Foto: Reprodução/Adobe)

A última grande faceta do pacote do Creative Cloud é para quem trabalha com redes sociais, principalmente relacionado a stories em diferentes plataformas.

Spark

Neste caminho, o principal programa é o Spark. Trata-se de um aplicativo para Android e iOS, com o qual você pode criar imagens para divulgação nas redes sociais, e até vídeos curtos para stories.

Ele conta com uma série de predefinições para criar rapidamente um vídeo ou foto. Ele tem uma versão gratuita que permite poucas edições, mas já é uma boa pedida para testar a plataforma.

Para quem trabalha profissionalmente, é possível liberar recursos mais profundos de edição com a assinatura de R$ 43 por mês.

Plano com todos os apps do Adobe Creative Cloud

Veja uma lista com os principais programas do Adobe Creative Cloud:

  • Photoshop: edição de fotos e artes
  • Lightroom: edição de fotos
  • Acrobat Pro: Produção de PDF
  • InDesign: Diagramação
  • Adobe XD: desing para apps
  • Illustrator: criação de arte
  • Dreamweaver: desenvolvimento de sites
  • Animate: animações vetoriais
  • Premiere Pro e Rush: edição de vídeo
  • After Effects: criação motion design
  • Audition: edição de som
  • InCopy: edição de texto
  • Spark: produção de imagem para redes sociais

O pacote completo que dá acesso a todos os mais de 20 programas custa R$ 224 por mês.

Fonte: Adobe

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.