Samsung cresce mais do que concorrentes no mercado de smartwatches

Por Rafael Rodrigues da Silva | 08 de Novembro de 2019 às 23h00
Wired
Tudo sobre

Samsung

Saiba tudo sobre Samsung

Ver mais

Publicada na última quarta-feira (6), a pesquisa da empresa de análise de mercado Strategy Analytics sobre o ecossistema de dispositivos vestíveis revela que, no terceiro trimestre de 2019 (período entre julho e setembro), o mercado de vestíveis como um todo cresceu 42% em comparação com o mesmo período do ano passado.

O maior crescimento do período foi o da Samsung, que aumentou em 73% a quantidade de smartwatches vendidos, passando de 1,1 milhão de unidades no terceiro trimestre do ano passado para 1,9 milhão no mesmo período deste ano. Isso fez com que a importância da empresa no mercado mundial de smartwatches aumentasse, e a companhia agora é responsável por 13% de todos os aparelhos deste tipo vendidos no mundo.

Mesmo assim, a empresa ainda está muito longe da Apple, que domina completamente o mercado. Com um crescimento de 51% em suas vendas no terceiro trimestre em relação ao ano passado, a empresa vendeu este ano 6,8 milhões de unidades do Apple Watch, contra 4,5 milhões no mesmo período do ano passado. Esse crescimento fez com que a Apple se tornasse responsável por praticamente metade de todas as vendas de smartwatches que são feitas no mundo, sendo dona de uma fatia global de 48% de todo o mercado para esses dispositivos.

Resultados da análise de desempenho do mercado de smartwatches no terceiro trimestre de 2019 (Imagem: Strategy Analytics)

A Fitbit também registrou um crescimento no período, ainda que de apenas 7%, e vendeu 1,6 milhão de unidades durante o terceiro trimestre deste ano, contra 1,5 milhão vendidas no mesmo período do ano passado. Apesar disso, devido ao crescimento massivo da Apple e da Samsung, a empresa perdeu 4% de sua dominância no mercado, passando de possuir uma fatia de 15% do mercado de smartwatches no terceiro trimestre do ano passado para ser responsável por apenas 11% dos aparelhos deste tipo vendidos no mesmo período deste ano.

Ainda que continue dominando o mercado de pulseiras fitness, a marca não tem tido a mesma relevância no de smartwatches e, enquanto ela não possui um produto com qualidade suficiente para brigar com o Apple Watch entre os modelos mais avançados, o Versa Lite também não está sendo bem aceito pelos consumidores que procuram um smartwatch mais básico.

Ainda não há pessimismo com a empresa por parte do mercado devido à recente aquisição da Fitbit pelo Google,o que torna praticamente impossível fazer projeções futuras para suas operações antes de saber quais mudanças o novo dono da Fitbit irá implementar. Mas será preciso agir rápido, já que a marca está rapidamente perdendo mercado para concorrentes como Samsung, Garmin, Huawei e Xiaomi.

Fonte: Strategy Analytics

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.