SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Apple Watch pode ter vendas paralisadas por quebra de patentes do oxímetro

Por| Editado por Wallace Moté | 11 de Janeiro de 2023 às 10h07

Link copiado!

Apple
Apple
Tudo sobre Apple

A Apple poderá ser obrigada a rever o sistema de oxímetro no Apple Watch após ser processada por infringir patentes relacionadas ao recurso. A nova decisão de um juiz da Comissão Internacional de Comércio (ITC, na sigla em inglês) acatou a ação judicial da empresa Masimo.

A Masimo é uma companhia especializada em equipamentos médicos profissionais, incluindo os oxímetros. As ações foram registradas em junho de 2021, após o lançamento do Apple Watch Series 6.

Continua após a publicidade

Na época, a Apple inaugurou seu sistema de detecção dos níveis de oxigênio no sangue, que utiliza feixes de luz para realizar o monitoramento. A solução se uniu a outras funções de saúde, como o acompanhamento dos batimentos cardíacos e ECG.

Além da documentação infringida pela Apple, outras quatro patentes presentes no processo não foram desrespeitadas, de acordo com a decisão do juiz. Agora, o ITC deverá deliberar em relação ao possível bloqueio das vendas do Apple Watch nos Estados Unidos — uma resposta deve ser divulgada no dia 10 de maio.

Apple e Masimo reagiram à decisão

Continua após a publicidade

O CEO da Masimo Joe Kiani demonstrou seu contentamento com a decisão, e afirmou que o reconhecimento do juiz “é o primeiro passo em direção à responsabilização [da Apple]”. O executivo ainda fez duras críticas ao comportamento de mercado da Maçã:

“A decisão deve ajudar a restabelecer a justiça no mercado. A Apple já desrespeitou tecnologias de outras companhias, e acreditamos que a resposta de hoje expõe a Apple como uma empresa que pega as inovações de outras marcas”

Por sua vez, a Apple divulgou um comunicado afirmando que “discorda respeitosamente da decisão, a aguarda uma revisão completa por parte da Comissão”.

A Masimo já tinha processado a Apple anteriormente, em maio de 2020. Mais uma vez, as ações foram relacionadas ao uso impróprio de soluções da empresa, inclusive com o aliciamento de funcionários para a produção de sensores do Apple Watch.

Continua após a publicidade

Fonte: MacRumors