Xiaomi Mi 11 começa a receber a interface MIUI 12.5

Xiaomi Mi 11 começa a receber a interface MIUI 12.5

Por Diego Sousa | Editado por Wallace Moté | 13 de Abril de 2021 às 21h40
Reprodução/Xiaomi

A Xiaomi já começou a disponibilizar a interface MIUI 12.5, baseada no sistema operacional Android 11, para o topo de linha Mi 11 vendido na China. A nova skin personalizada da chinesa foi apresentada junto à versão global do Mi 11 em fevereiro deste ano e já está em fase de testes para mais de 20 celulares da empresa, com previsão de lançamento apenas a partir do final deste mês.

Segundo informações do site chinês ITHome, a atualização estava prevista para chegar em sua versão estável apenas a partir do dia 30 de abril, mas parece que os testes com o topo de linha foram finalizados com duas semanas de antecedência. Outros aparelhos atualmente em fase beta continuam previstos para receber a MIUI 12.5 no final deste mês, como os Mi 10, Mi 10 Pro e Mi 9 SE.

O update pesa pouco menos de 500 MB e não traz muitas melhorias significativas em relação à atual MIUI 12, mas conta com alguns aprimoramentos no sistema, além de novos recursos visuais, sonoros e de segurança. Uma das principais novidades é a MIUI+, funcionalidade similar ao Seu Telefone, que integra smartphone da Xiaomi/Redmi a notebooks e computadores para visualizar notificações, acessar informações da área de transferência e executar aplicativos.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

MIUI+ é um recurso da MIUI 12.5 similar ao Seu Telefone da Microsoft (Foto: Reprodução/XDA-Developers)

O MIUI 12.5 também traz o chamado "Android gesture Turbo", uma função que aprimora o desempenho do processador durante a jogatina. O smartphone recebe mudanças nos efeitos de animação, o que deve tornar o sistema até 17% mais eficiente e 32% mais econômico em relação às operações do sistema quando comparado com a MIUI 12. O uso de memória ao executar aplicativos também deve ter redução de até 20%.

(Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Vale lembrar que a atualização chega primeiramente no mercado chinês, portanto a variante global deve seguir o cronograma atual da Xiaomi.

A MIUI 12.5 segue no período de testes para 24 celulares de Xiaomi, POCO e Redmi, incluindo modelos básicos e intermediários. As inscrições foram feitas até o dia 1º de março deste ano e a fase de testes deve durar até abril deste ano, quando a empresa pretende disponibilizar a versão estável da MIUI 12.5 para o mundo todo. Confira abaixo a lista de aparelhos compatíveis:

  • Mi 10T / 10T Pro
  • Mi 9T
  • Redmi K20
  • Xiaomi Mi Note 10
  • Xiaomi Mi 9 SE
  • Redmi Note 9T
  • Mi 10T Lite
  • Mi 10i
  • Redmi Note 9 Pro
  • Redmi Note 9 Pro Max
  • Poco M2 Pro
  • Poco X3
  • Redmi Note 9
  • Redmi 9
  • Redmi 9 Prime
  • Poco M2
  • Redmi 9C / 9C NFC
  • Poco C3
  • Redmi 9A
  • Redmi Note 8
  • Redmi Note 8T
  • Redmi 9T
  • Poco M3

Fonte: ITHome

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.