Primeiro smartphone com Ubuntu será vendido apenas na Europa

Por Redação | 06 de Fevereiro de 2015 às 13h56
photo_camera Divulgação

Depois de dois longos anos de espera, finalmente chega ao mercado o primeiro smartphone rodando Ubuntu de forma nativa. O chamado Aquaris E4.5 Ubuntu Edition está sendo fabricado por uma empresa espanhola pequena, a BQ, conhecida pela fabricação de tablets e-readers. Na verdade, ela está apenas trocando o sistema operacional de um smartphone que já existia.

Um dos pontos mais interessantes desse lançamento é o jeito que ele será vendido. Segundo o TheVerge, o aparelho será oferecido de forma relâmpago apenas pela Europa, com preço de € 169,90, algo em torno de R$ 530. Os usuários interessados devem seguir as contas @ubuntu e @bqreaders no Twitter para descobrir o lugar e a hora das vendas.

Primeiro Ubuntu phone será vendido na Europa

Em geral, o hardware oferecido pela BQ para o Ubuntu phone é modesto, mas compatível com o seu preço. Ele leva um processador quad-core MediaTek de 1.3 GHz, tela qHD com resolução de 540 x 960 e 8 GB de armazenamento, expansível através de duas entradas microSD, além de ter uma câmera frontal de 5 megapixels.

É claro que o smartphone do Ubuntu mira o mercado de aparelhos de baixo custo, mas principalmente procura agradar os entusiastas do sistema. Como diferencial, ele oferece o sistema de Scopes, que nada mais é do que uma forma diferente de exibir os aplicativos, ou "um novo paradigma de interface, criado para entregar conteúdo e serviços diretamente categorizados na tela principal, oferecendo ao usuário uma experiência rica e desfragmentada", segundo a empresa.

Quanto aos aplicativos, nada de novo por aqui. O Aquaris terá Facebook, Twitter, Amazon e o jogo Cut the Rope, além de integração com serviços parceiros, como Spotify, SoundCloud e Grooveshark, por meio de APIs do navegador. O smartphone também terá suporte a HTML 5 e promete uma experiência diferenciada de uso.

Com esse lançamento, a Canonical está entrando de cabeça em uma empreitada ambiciosa, mas que já havia começado e fracassado com o Ubuntu Edge, pelo preço de US$ 32 milhões para a empresa. Resta saber se o mercado vai absorver o novo sistema para smartphones ou se o Aquaris E4.5 Ubuntu Edition vai entrar apenas nos bolsos dos entusiastas do software livre.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.